Edifício russo é indicado pela primeira vez ao Prêmio de Arquitetura Contemporânea da UE

Architects of Invention
Prédio moderno tem terraço com vista para zona empresarial de Moscou.

Um prédio de escritórios pertencente a uma empresa farmacêutica e situado no centro de Moscou tornou-se o primeiro edifício russo indicado ao Prêmio de Arquitetura Contemporânea da União Europeia Mies van der Rohe, segundo o site de notícias Lenta.ru.

A sede da empresa foi construída nas proximidades da turística rua Arbat, de acordo com o projeto do escritório Architects of Invention, fundado pelos arquitetos Nikoloz Dkhaparidze e Anton Khmelnitski.

“Até onde sabemos, esta é a primeira vez que um projeto moscovita é indicado para o Prêmio Mies van der Rohe, o que mostra que Moscou está começando a se tornar uma das capitais arquitetônicas mais notáveis da Europa”, declarou a empresa.

LEIA TAMBÉM: Como os russos constroem cidades sobre solo congelado 

As duas alas do prédio, com seis e sete andares, respectivamente, possuem fachadas de vidro e painéis de cerâmica decorados com mármore natural. Há escritórios em todos os andares, exceto no último, onde há várias salas de apresentações e reuniões.

Também no último andar encontra-se um terraço com vista para Moscow City, a área de negócios em Moscou repleta de arranha-céus.

Os resultados do concurso serão anunciados em abril de 2019, e a cerimônia de premiação acontecerá em maio.

O prêmio, criado em 1987 pelo Parlamento Europeu, pela Comissão Europeia e pela Fundação Mies van der Rohe de Barcelona, é atribuído uma vez a cada dois anos.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies