Mostra de Frida Kahlo e Diego Rivera vai desembarcar no centro de Moscou

A Coluna Quebrada (1944)

Frida Kahlo
Público da capital poderá apreciar obras emblemáticas do casal de artistas mexicanos.

O centro de exposições Manej, localizado no centro de Moscou, receberá a exposição “Viva la Vida. Frida Kahlo e Diego Rivera. Pintura e arte gráfica de coleções particulares e museus” a partir de dezembro. A mostra inclui pinturas de ambos em diversas épocas.

“As principais de Frida são seus autorretratos. Os espectadores querem ver uma das mais famosas obras de Kahlo, A Coluna Quebrada (1944), representando uma espécie de manifesto do seu sofrimento e resistência aos golpes do destino”, disseram os organizadores à agência TASS. “É um símbolo artístico da força de uma mulher.”

Autorretrato com Macaco

“Em Autorretrato com Macaco, todos os seus símbolos se transformam em uma mensagem: Frida volta a descrer de Diego e procura força no passado e naqueles que estão ao seu lado. Foi a primeira pintora que abordou a temática da perda de um bebê: Hospital Henry Ford , ou A Cama Voadora (1932), pode chocar sua intimidade até mesmo espectadores modernos”, acrescentaram os organizadores da exposição.

Hospital Henry Ford , ou A Cama Voadora (1932)

Quanto aos trabalhos de Diego Rivera, a mostra apresenta todas as fases de sua carreira artística, desde quando se dedicava ao pós-impressionismo e o cubismo até as incursões pelo realismo.

LEIA TAMBÉM Como Diego Rivera trabalhou tanto para Stálin quanto para a família Rockefeller 

Os moscovitas poderão ver algumas das obras mais importantes que Rivera deu à URSS, incluindo Gloriosa Vitória. Também estarão expostos os “desenhos russos” de Rivera, criados pelo artista durante sua segunda visita à URSS, em 1956.

Gloriosa Vitória

De acordo com os organizadores, as obras de ambos os artistas irão se “comunicar”, contando a história não só de sua rivalidade na arte, como também de sua luta e amor.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies