Netflix lança 3 novas séries e desenhos russos no Brasil

Parovoz animation studio
Plataforma de streaming americana está oferecendo mais opções para quem curtiu o hit global “Masha e o Urso” e já comprou os direitos de uma série sobre a Revolução Bolchevique.

1. BB-Ursos

Uma dupla de amigos, o urso-pardo e o polar Bucky e Bjorn, exploram juntos a floresta de conto de fadas onde vivem. Além de enfrentarem muitas aventuras e aprenderem coisas novas, contam com amigos engraçados – um pintinho e uma raposa. A série aborda questões como amizade, cuidado com o meio ambiente e até progresso científico.

Os 26 episódios da primeira temporada de Be-Be-Bears podem ser conferidos no Netflix.

A animação estreou na Rússia em 2015, e estão sendo produzidos mais 182 episódios.

2. Leo e Tig

Esta outra animação também apresenta dois amigos explorando a floresta – desta vez, porém, dois filhotes de animais do Extremo Oriente russo – um leopardo-de-amur e um tigre-siberiano. Ao lado de outros dois amigos – uma lince e um urso-negro-asiático –, eles aprendem sobre a taiga e descobrem peculiaridades dessa região distante na Rússia.

Os primeiros 7 episódios dublados em português já estão disponíveis, e outros 21 deverão ser lançados em futuro breve.

3. O Caminho dos Tormentos

O ano é 1914. A Rússia está às vésperas de tempos turbulentos, e duas irmãs (interpretadas por Yulia Snigir e Anna Chipovskaya) se apaixonam por um homem.

Lançada para celebrar o 100º aniversário da Revolução Bolchevique, esta série é baseada na trilogia de Aleksêi Tolstói (um parente distante de Lev Tolstói). Mostra o destino da intelligentsia russa durante a Primeira Guerra Mundial, bem como durante a Revolução e a Guerra Civil.

A primeira temporada está disponível no Netflix, com legendas em português.

Quer mais opções com temática russa? Confira 10 filmes baseados em livros russos que viraram clássicos de Hollywood.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies