A cidade russa que encoraja o “vandalismo”

Nikolai Khizhniak
Autoridades de Krasnodar estão sendo imitadas por outras cidades.

Em 2013, as autoridades de Krasnodar, capital da região de Kuban, decidiram que as ruas da cidade precisavam de uma pincelada de cor para ficar mais alegre. Assim nasceu o projeto KrasnodART.

O objetivo do projeto é encher a cidade de murais de grafite.

Os organizadores querem transformar Krasnodar em capital da arte de rua no sul da Rússia, promover jovens talentos criativos e levar um pouco da cultura moderna aos moradores.

Dezenas de artistas já pintaram murais pela cidade. Cada obra foi cuidadosamente monitorada pelas autoridades, que querem que as pinturas pareçam o mais orgânicas possível - a arte deve mesclar-se naturalmente com o visual da cidade.

Os grafites podem ser encontrados nos subúrbios de Krasnodar e no centro da cidade, em muros, casas, pontes e prédios industriais.

As ideias para os desenhos são limitadas apenas pela imaginação dos artistas. Este exemplo de grafite, chamado “Papa”, mostra o nascimento de uma nova alma, simbolizado por uma flor erguida pelo Espírito da Floresta.

Os artistas muitas vezes se inspiram na literatura clássica. Esta cerca branca, antes comum, foi decorada com pinturas dedicadas a Nikolai Gógol.

Esta garota em um prédio da principal via da cidade, a rua Krasnaya, simboliza a juventude, a vivacidade e a primavera.

O projeto KrasnodART tem tido tanto sucesso que iniciativas semelhantes estão acontecendo por toda a região de Kuban.

O primeiro parque de grafites de Krasnodar foi inaugurado em 9 de setembro passado. Aspirantes a artistas agora têm a chance de mostrar seu trabalho e chamar a atenção para sua obra.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies