Uma das maiores aeronaves de transporte militar em operação (VÍDEO)

Rob Schleiffert
Antonov An-124 ‘Ruslan’ é usado para transportar locomotivas, iates, fuselagens de aeronaves e outros tipos de cargas de grande porte.

A aeronave An-124, apelidada de “Ruslan”, é uma das maiores de transporte estratégico do mundo. Seu comprimento e a altura da quilha são equiparáveis ao de um prédio de cinco andares.

O volume da cabine de carga do Ruslan é de 1,5 metro cúbicos. O avião tem capacidade para cinco helicópteros Mi-8 ou dois bombardeiros Su-24.

An-124 entrega quatro helicópteros na República Democrática do Congo em 2015.

O An-124 tem uma estrutura única. Ele tem duas portas de carregamento: a cauda e a parte do nariz que se eleva. Isso permite organizar a passagem dos técnicos e reduzir o tempo de carga e descarga. A aeronave tem ainda um chassi especial capaz de “inclinar-se” para facilitar a entrada de veículos no compartimento de carga.

Antonov An-124 descarrega vagão de metrô.

O Ruslan é considerado uma verdadeira plataforma estratégica, já que pode transportar de uma só vez até 880 soldados — ou seja, um regimento inteiro. Em dezembro do ano passado, ele transportou equipamentos das forças de paz russas para Nagorno-Karabakh, região disputada entre o Azerbaijão e a Armênia.

Veículo de resgate de mergulho profundo “Mystic” da Marinha dos Estados Unidos (DSRV 1) é carregado em um An-124 do Grupo Volga-Dnepr em 2015.

Atualmente, há dezenas dessas aeronaves em operação, algumas delas, em companhias aéreas dos Emirados Árabes, Líbia, Rússia e Ucrânia, entre outros.

Dois An-124s no aeroporto de Luxemburgo — um deles, dos Emirados Árabes Unidos.

LEIA TAMBÉM: An-225, o transatlântico voador que passou de megaprojeto do “Guinness” a elefante branco

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies