TET-1000, o colossal trator transformável soviético que jamais entrou em produção

The GC/YouTube
Desenvolvido nos anos 1970, o monstruoso TET-1000 tinha fins pacíficos: operar em terras salinas das regiões intocadas da URSS. Mas não chegou a servir os fazendeiros locais.

A sua principal tarefa era a recuperação de salinas, e este é o tipo de trabalho em que as marchas nas estradas se combinam com o reboque na lama e a aração pesada. Ou seja, tanto esteiras quanto rodas são necessárias.

Portanto, os projetistas criaram vagões de esteiras rebaixados perpendiculares às rodas. Sobre rodas, o veículo poderia seguir até o local de trabalho, abaixar as esteiras, girar o assento do motorista do trator 90 graus e então trabalhar em campo. Os carrinhos de lagarta podiam também ser removidos, tornando-se apenas um poderoso trator de rodas.

Esta máquina, de 32,5 toneladas, operava graças a um motor a diesel de 700 cv.

De acordo com a revista automobilística russa Za Rulem, um protótipo do veículo foi testado nas estepes do Cazaquistão, mas foi decidido não produzi-lo em massa.

Em termos de velocidade, era capaz de atingir até 11 km/h no modo lagarta, e 18 km/h com rodas.

LEIA TAMBÉM: 12 caminhões que são o orgulho da indústria automobilística russa

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies