Rússia cria cartuchos-armadilhas para defender aviões de mísseis

Maksim Blinov/Sputnik
Nova tecnologia poderá cegar mísseis inteligentes inimigos ao criar alvos falsos no céu.

A corporação estatal russa Rostec apresentou seu novo cartucho-armadilha L376-2 “Yagel”, criado para proteger caças e aeronaves de combate de mísseis inimigos.

“Os novos cartuchos-armadilha, em combinação com meios de guerra eletrônica modernos e técnicas táticas, podem aumentar significativamente a probabilidade de fugir dos mísseis antiaéreos ou de aviação que têm um sistema de orientação óptica. A tecnologia é muito superior à dos análogos estrangeiros em termos de tempo de operação, intensidade de radiação e efetividade de proteção da aeronave", lê-se no comunicado da Rostec.

O novo sistema foi desenvolvido com participação dos especialistas do Instituto de Pesquisa de Química Aplicada. O Yagel pode ser utilizado em altitudes de até 20 km e a velocidades de até 1.500 km/h.

Após o disparo, os cartuchos voam na mesma direção da aeronave e, assim, podem enganar os mísseis inteligentes na fase final de orientação. O piloto pode liberar apenas um cartucho-armadilha ou disparar todos os cartuchos de uma só vez.

LEIA TAMBÉM: Projetos incríveis (e desconhecidos) da aviação soviética

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies