O novo fuzil de assalto AK das Forças Especiais da Rússia

АК-12.

АК-12.

Serguêi Karpúkhin/TASS
Arma foi criada especialmente para operações furtivas noturnas e já passa por testes de combate em unidades das Forças Especiais do país.

No final de agosto, durante a exposição militar "Army-2021", o consórcio Kalashnikov, que produz os famosos fuzil de assalto AK, apresentou um novo fuzil de assalto para unidades da Forças Especiais russas AK-12SP.

A arma é uma modificação do fuzil AK-12 adotada pelo exército em 2018. Segundo os engenheiros, seu objetivo era aumentar a capacidade da arma original durante operações furtivas noturnas.

АК-12.

O AK-12SP recebeu uma nova coronha parecida com a de um fuzil de precisão. Ele tem uma “bochecha” especial para tiro de precisão, que permite ajustar a arma equipada com ótica de grandes dimensões.

A arma também tem modificações para usuários destros e canhotos, e seus controles são duplicados em ambos os lados.

O AK-12SP ganhou ainda novos trilhos na parte superior, um punho frontal redesenhado, e pode ser equipado com laser, lanterna e silenciador facilmente destacável.

АК-12.

A arma tem carregadores com janelas transparentes que mostram a quantidade de munição restante, mas pode também levar carregadores de AK-74 padrão.

O comprimento da arma é de 0,98 metros e ela pesa 3,5 kg sem munições.

Segundo especialistas militares, o fuzil é produzido em dois calibres: 5,45x39 mm e 7,62x39 mm.

LEIA TAMBÉM: Por que o AK ainda é o fuzil de assalto mais confiável do mundo?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies