Em conta de ‘falso Pútin’ no TikTok, brasileiros pedem permissão para morar na Rússia

1facerussia/tiktok.com
Vídeos ‘deepfake’ no TikTok mostram presidente russo fritando panquecas, requebrando os quadris de calça legging etc. Criador da conta responde a usuários – e muitos realmente acreditam que estão falando com Pútin!

No início de dezembro de 2020, um usuário anônimo criou um canal no TikTok, chamado "Primeira Pessoa", dedicado a postar vídeos falsos de um ator se passando pelo presidente russo Vladímir Putin.

“Quando você vai a uma coletiva e não precisa tirar a calça de moletom”, lê-se na legenda do primeiro vídeo da conta.

Em vários vídeos, o falso Putin dança as músicas-tendência do TikTok.

Existem também vários vídeos que mostram "Putin" em uma academia.

Em um dos vídeos, que gerou cerca de 9 milhões de visualizações, ele está experimentando a camisa favorita.

“O banho russo te aquece e te deixa saudável e em forma”, diz o falso Putin na sauna russa.

A conta também comenta problemas tipicamente experimentados pelas províncias russas. Em vários vídeos, o falso Putin está limpando a neve em Novossibirsk e dizendo que "as estradas não devem ser limpas apenas quando eu for visitá-las".

Existem também alguns vídeos de culinária, nos quais o “presidente" mostra como fazer panquecas e salada russa.

Nos quase três meses desde o lançamento da conta, ela atraiu mais de 4,7 milhões de seguidores.

Alguns usuários não percebem que o "Putin" nos vídeos é falso e mandam perguntas ao "presidente", que fica feliz em respondê-las:

"Vladimir Vladimirovitch, posso matar aula amanhã?"

"Claro! Ou você pode matar todo o caminho para a aula!”;

 “Oi, eu quero ir para a Rússia. Sou do Brasil. Posso?"

"Claro! Te encontro na estação ferroviária! ”.

Ainda não se sabe quem criou a conta e cria os vídeos para ela. O Russia Beyond enviou uma lista de perguntas para uma entrevista à conta, mas não recebeu resposta.

 

LEIA TAMBÉM: De Lênin a Putin: líderes russos na arte contemporânea

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies