Rússia construirá aeroportos de gelo no Ártico

Ministério da Defesa da Rússia/Global Look Press
Estruturas são projetadas para pouso de aviões pesados de transporte militar Il-76.

A Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscou desenvolveu uma tecnologia que altera a estrutura do gelo para usá-lo na construção de pistas no Ártico. Com isso, o Ministério da Defesa da Rússia está considerando a aplicação da tecnologia para construir aeroportos nos quais pousarão aeronaves pesadas de transporte militar Il-76.

“O projeto envolve a criação de aeródromos de gelo pré-fabricados. Isso é possível modificando a cobertura de gelo por meio de produtos químicos especiais que permitem que as aeronaves pousem na faixa de gelo preparada”, disse vice-reitor de Economia e Inovação da Universidade, Evguêni Storojuk, no fórum Army-2020.

Segundo Storojuk, o projeto se chama “Ploschadka” (Lugar) e se destina aos territórios continentais do Ártico. “Nós estamos trabalhando com o Ministério da Defesa nessa direção”, anunciou o vice-reitor, acrescentando que, no futuro, aeronaves pesadas de transporte militar Il-76 poderão pousar nesses aeroportos.

A resistência da pista de gelo e a presença de rachaduras serão verificadas por sensores de fibra ótica dispostos ao longo de sua espessura. Em caso de degelo, a manutenção da pista será feita por congelamento ou adição de reagentes. Presume-se que os controladores dos aeródromos serão capazes de trabalhar remotamente.

“Agora estamos trabalhando em outras tecnologias para confirmar que nossas abordagens estão corretas”, disse Storojuk. A etapa atual durará um ano. Acredita-se que tecnologia também possa ser usada para locais de armazenamento no Ártico.

Em junho passado, o ex-comandante da Marinha dos Estados Unidos na Europa e na África, almirante James Foggo, criticou a expansão da influência russa no Ártico, inclusive por meio da implantação de bases militares com complexos S-400. Em reposta, o embaixador geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Nikolai Kortchunov chamou a implantação dos sistemas S-400 de um “passo lógico” na medida em que a Rússia criou um campo de radar contínuo sobre seu território.

LEIA TAMBÉM: Como os russos constroem cidades sobre solo congelado

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies