Dois caças russos Su-27 interceptam avião da Otan (Vídeo)

No final de abril, dois caças Su-27 da Aviação Marítima da Frota do Báltico da Rússia interceptaram um avião F-16 da Força Aérea Belga que seguia as manobras das aeronaves russas. O avião da Otan foi forçado a retornar a sua base no Báltico, segundo o jornal estatal russo Rossiyskaya Gazeta.

Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, os caças Su-24 e Su-30SM estavam praticando ataques contra navios inimigos simulados.

Os Su-27 tinham a missão de proteger os aviões de ataque russos. Depois de receber informações sobre um alvo não identificado que havia aparecido perto da fronteira com a Rússia, os caças russos tiveram que interceptá-lo.

Era um caça F-16 da Força Aérea Belga que sobrevoava o mar Báltico. O vídeo mostra como os Su-27 se aproximam da aeronave de fabricação norte-americana a alta velocidade e a escoltam. Quando o avião belga se afastou da fronteira com a Rússia, os interceptadores voltaram a sua missão de treinamento.

Os pilotos do Su-27 praticavam manobras aéreas complexas: o “barril” (uma rotação de 360º no eixo longitudinal do avião), o “barril vertical” e manobras para evitar sistemas de defesa aérea.

LEIA TAMBÉM: 9 curiosidades sobre o novo caça russo Su-57

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies