Exército russo recebe primeiros bombardeiros estratégicos Tu-160 modernizados

Ministério da Defesa da Rússia
Versão atualizada do bombardeiro mais pesado do mundo ganhou equipamentos eletrônicos modernos, além de novos sistemas de guerra eletrônica e controle de fogo.

O Ministério da Defesa recebeu dois primeiros bombardeiros estratégicos Tu-160 após a modernização do modelo, de acordo com o jornal estatal russo Rossiyskaya Gazeta. As aeronaves foram batizadas de “Ivan Yaryguin” e “Vasili Reshetnikov”.

“Foram modernizados os sistemas de navegação inercial, motores e sistemas de controle de fogo. Os aviões Tu-160 modernizados têm características táticas e técnicas melhores”, declarou o porta-voz da pasta.

Conhecido como “Cisne Branco”, o Tu-160 é o bombardeiro supersônico mais poderoso da história da aviação militar. Ele pode ser equipado com mísseis de cruzeiro Kh-55, que têm ogivas nucleares capazes de destruir alvos a 2.500 quilômetros.

O primeiro uso do Tu-160 em combate aconteceu em novembro de 2015, durante a campanha militar contra o Estado Islâmico na Síria.

A aeronave atingiu locais estratégicos, sob controle dos terroristas, com a ajuda de mísseis Kh-555 (variante não nuclear do Kh-55) e Kh-101.

As Forças Aéreas da Rússia têm 16 aeronaves desse tipo, todas localizadas na Base Aérea de Enguels, perto da cidade de Sarátov, 850 quilômetros a sudeste de Moscou.

LEIA TAMBÉM: Quais armamentos a Rússia exportou em 2019?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies