Venezuela renova acordos no setor técnico-militar com Rússia

O vice-premiê russo, Iúri Boríssov, (à esq.) e o presidente venezuelano Nicolás Maduro

O vice-premiê russo, Iúri Boríssov, (à esq.) e o presidente venezuelano Nicolás Maduro

NicolasMaduro
Países já assinaram um total de 264 contratos bilaterais.

No último sábado (5), o presidente venezuelano Nicolás Maduro se reuniu com o vice-premiê russo, Iúri Boríssov, em Caracas.

Segundo Maduro, a comissão intergovernamental aprovou a prorrogação de todos os acordos de cooperação técnico-militar com a Rússia.

"A cooperação técnico-militar é realizada seguindo a agenda. Temos atualizado todos os contratos de apoio e consultas na área mais importante, que é a técnico-militar", disse Maduro à agência RIA Nôvosti após a reunião com o vice-premiê russo.

Ao longo dos anos de cooperação, a Rússia e a Venezuela assinaram 264 acordos em 20 áreas (de energia, técnica, mineração, finanças, agricultura, indústria, comércio e transporte).

De acordo com o Ministério da Comunicação e Informação da Venezuela, esses documentos permitiram aumentar o comércio entre os dois países em 10%.

LEIA TAMBÉM: Cuba receberá US$ 2 bilhões da Rússia para suas redes ferroviárias

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies