Kalashnikov iniciará produção da nova metralhadora RPK-16

Grigori Sisóiev/Sputnik
Últimos testes estão em andamento e, com resultados positivos, Guarda Nacional da Rússia encomendará armamento.

O consórcio Kalashnikov inicia os testes finais da nova metralhadora RPK-16 e está pronto para começar a produção da arma em série, segundo o diretor-geral da empresa, Vladímir Dmítriev.

"A nova metralhadora está passando por testes no exército, os resultados serão anunciados em breve”, disse.

Com calibre de 5,45 milímetros, a nova metralhadora ligeira RPK-16 é uma versão modernizada do modelo soviético RPK-74.

A arma é equipada com trilhos Picatinny, que permitem a instalação de qualquer tipo de mira ótica - desde a de visão noturna, térmica ou colimadora até a mira especial para atiradores de elite.

A versão atualizada da arma também recebeu um novo carregador com capacidade de 96 cartuchos. Além disso, a RPK-16 pode utilizar os carregadores clássicos dos fuzis AK-74M, usados até hoje pelo Exército russo. 

A nova metralhadora pesa apenas 4,5 quilos - contra os quase 10 quilos da RPK-74.

LEIA TAMBÉM: Como o novo AK-12 difere do seu antecessor AK-74M

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies