10 razões pelas quais este hospital militar é o melhor de todos na Rússia

Ministério da Defesa da Rússia
Atualmente, Hospital Burdenko trata não apenas pacientes militares, mas também civis. No total, já foram de mais de quatro milhões de pessoas desde sua fundação, há cerca de 300 anos. E sua história está intrinsecamente relacionada ao próprio desenvolvimento de Moscou.

O instituto médico mais antigo da Rússia, o Hospital Clínico Militar Principal, que leva o nome de N.N. Burdenko, foi fundado na capital russa em 1706. Nessa época, era conhecido simplesmente como o Hospital de Moscou.

Hospital em 1907

O fundador do hospital, que também tinha a primeira faculdade de medicina do país, era o holandês Nicolas Bidloo – o médico pessoal do tsar Pedro, o Grande.

Nicolas Bidloo

O hospital foi fundado em um momento oportuno: a Rússia estava envolvida em uma exaustiva guerra contra a Suécia (a Grande Guerra do Norte, de 1700 a 1721), e os médicos tinham muito trabalho com o fluxo ininterrupto de feridos.

Desde então, os médicos do hospital participaram de todas as guerras travadas pela Rússia.

Hospital no início do seculo 19

O hospital sobreviveu à ocupação francesa e ao grande incêndio que tomou conta de Moscou em 1812.

O cirurgião principal do Grande Armée, Dominique Jean Larrey, chegou a escrever em suas memórias que se tratava do melhor hospital que já havia visitado.

Ao longo de sua história, o hospital mudou de nome diversas vezes. Em 1946, foi renomeado em homenagem ao fundador da neurocirurgia russa, Nikolai Burdenko.

O Hospital Burdenko é pioneiro no setor médico: abriu a primeira escola de paramédicos, a primeira sala de cirurgia e unidade de cardiologia do país e etc.

O hospital conta com um laboratório cirúrgico de emergência exclusivo, a bordo de um avião Il-76. A aeronave voa para zonas de conflito para fornecer assistência médica e pode, caso necessário, realizar a evacuação de até 45 feridos.

Hospital móvel a bordo de avião Il-76MD

Em 1992, o hospital estabeleceu uma unidade médica para missões especiais. Acompanha os militares russos aos locais mais perigosos e às missões de paz na Rússia e em todo o mundo.

Exercícios de médicos militares

Hoje em dia, o Burdenko trata não somente de militares, mas também de civis. Cerca de 22.000 pacientes e feridos são atendidos ao ano por 3.500 médicos nos 130 laboratórios e centros de diagnóstico do hospital.

Operação usando o mais moderno equipamento para tratamento radiocirúrgico de tumores cerebrais

Além disso, tem museu próprio, onde os visitantes podem descobrir sua história e o desenvolvimento da medicina russa.

Museu do hospital

LEIA TAMBÉM: 4 russos do século 19 que revolucionaram a medicina 

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies