Forças Especiais russas receberão novo bugue militar

Evgeniy Kel
Veículo será utilizado em operações especiais contra terroristas em regiões montanhosas e florestas de difícil acesso.

Durante o último desfile militar do dia da Vitória, em 9 de maio, o Ministério da Defesa russo exibiu, pela primeira vez, o novo bugue de assalto multifuncional Tchaborz-M3.

Primeiro bugue russo

O Tchaborz-M3 é um veículo todo-terreno militarizado projetado para realizar missões em regiões montanhosas, florestas e areia. O veículo pode transpor árvores caídas e pedras com até meio metro de altura e subir montanhas e colinas.

O bugue pode levar até três pessoas: um motorista, um artilheiro e um lançador de granadas. O veículo tem lugar especial para munições e pode ser equipado com todos os tipos de metralhadoras e lançadores de granadas, inclusive dos EUA, israelenses e chineses.

O artilheiro é responsável pelo rompimento das posições do inimigo em um raio de 180 graus a partir da frente do carro, enquanto o lançador de granadas controla a traseira do veículo.

O bugue foi projetado para uso em grupos de pelo menos três veículos.

Segundo a fonte no complexo militar-industrial, os compradores dos bugues russos poderão mandar seus especialistas para treinamento tático e de fogo na Universidade de Forças Especiais na cidade de Gudermes, na Tchetchênia, no sul da Rússia.

Segundo os desenvolvedores, o Tchaborz-M3 é um veículo de múltiplas funções que pode realizar missões de reconhecimento, de assalto, de transferência das Forças Especiais etc.

“Na maioria dos casos, hoje, as hostilidades se limitam a conflitos locais com alta ou baixa intensidade. Assim, surgiu a necessidade de criar equipes de resposta rápida que podem chegar ao local do conflito em até 30 minutos e eliminar os terroristas”, disse um dos desenvolvedores do bugue russo da Universidade das Forças Especiais que não quis ser identificado.

O bugue pronto para o combate pode ser desembarcado de helicópteros ou aviões.

A sua principal desvantagem é que, ao contrário dos veículos de combate de infantaria, ele não pode atravessar rios, embora seja muito mais rápido.

Todos os componentes do Tchaborz-M3 são fabricados na Rússia, o motor e a caixa de velocidades são produzidos pela fábrica de carros Lada.

Com peso de 800 quilos, o veículo pode atingir velocidades de até 130 km/h, tanto em estradas, quanto em terrenos acidentados.

LEIA TAMBÉM: Vídeo em 360º faz usuário sentir-se cruzando rio a bordo de tanque T-80; veja

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies