Rússia está entre os 20 países com o ar mais puro do mundo

Serguei Fomin/Global Look Press
Moscou aparece em 10º lugar em pesquisa paralela só com capitais.

Com uma taxa de 11,4 microgramas de partículas finas por metro cúbico, a Rússia figura em 16º lugar entre os países com o ar mais limpo, de acordo com um estudo da AirVisual, realizado em parceria com o Greenpeace do Sudeste Asiático.

Após pesquisas científicas em diversas partes do mundo, concluiu-se que a Islândia tem o menor índice de poluição entre os 73 países analisados, com 5 ug/m³ (micrograma/metro cúbico), ​​seguida por Finlândia (6,6), Austrália (6,8), Estônia (7, 2) e Suécia (7,4). O Brasil aparece em 30º lugar, com 16,3 ug/m³.

Bangladesh (97,1), Paquistão (74,3), Índia (72,5), Afeganistão (61,8) e Bahrein (59,8) são os países com os piores resultados.

LEIA TAMBÉM: Como o aquecimento global afeta a Rússia? 

Na pesquisa referente a capitais, a Rússia também obteve uma boa classificação; Moscou figura na 10ª posição (10,1 ug/m³) entre as 62 cidades pesquisadas. Wellington (Nova Zelândia, 6 ug/m³), ​​Ottawa (Canadá, 6), e Estocolmo (Suécia, 6,6) estão no pódio, enquanto Nova Déli (Índia, 113,5 ug/m³), Dhaka (Bangladesh, 97,1) e Cabul (Afeganistão, 61,8) ficaram na lanterninha.

Qualquer pessoa pode visualizar a poluição do ar em sua cidade ou país usando o mapa interativo fornecido pela AirVisual.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies