Dispositivo criado por engenheiros russos permite que cegos se movam de forma autônoma

Pixabay
Sistema analisa o ambiente circundante por meio de vídeo e som.

Os engenheiros da empresa russa Business Bureau desenvolveram um sistema de processamento de informações multicanal que permite que os cegos se orientem de forma independente. A informação é do jornal russo “Izvêstia”.

O SOMSI é um pequeno dispositivo baseado em um algoritmo de inteligência artificial e que analisa o ambiente circundante por meio de vídeo e som.

Depois de coletar os dados dos arredores, o sistema os transmite via internet para a plataforma de processamento, onde uma rede neural os analisa e os converte em uma mensagem de voz e um estímulo tátil.

Além disso, uma pessoa que se mova rapidamente pode receber informações sobre seus entornos a uma distância de até várias dezenas de metros.

O dispositivo é capaz de determinar a distância entre o indivíduo e os obstáculos por meio de ultrassons, da mesma forma que os sensores de reversão dos automóveis.

Graças ao sistema e reconhecimento de sinais sonoros, o SOMSI também pode ser uma ferramenta valiosa para pessoas com perda auditiva, dizem os desenvolvedores.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies