10 imagens com ilusões de ótica de livros escolares soviéticos com gosto de infância!

Matemática, enigmas, física e lógica são comuns nas escolas russas, assim como eram na época soviética. Mas dê só uma olhada nestas ilusões de ótica de cair o queixo:

1. Espiral ou círculos?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Em um primeiro olhar, parece que é uma espiral. Mas se você pegar o cursor ou um lápis e seguir as linhas, perceberá que se trata uma série de círculos concêntricos.

Esta ilusão foi criada pelo psicólogo britânico James Frase e mais tarde, pesquisada pelo físico russo Iakov Perelman, que estudou ilusões de ótica e publicou um livro sobre elas.

2. Qual é mais comprida, a altura ou a largura da figura?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Esta ilusão é baseada no fato de que o olho humano frequentemente encontra dificuldades em comparar o comprimento de linhas horizontais e verticais. Parece que a altura da figura é maior que a largura, mas não é verdade: elas têm o mesmo comprimento.

3. Estas figuras são iguais?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

A e B são quadrados iguais, mas o A parece mais alto e mais fino.

4. As linhas longas são paralelas?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Estas diagonais parecem ser cambaleantes, mas as linhas menores estão simplesmente criando esta ilusão. As linhas longas são, na verdade, paralelas. Este fenômeno é chamado de ilusão de Zöllner.

5. As linhas horizontais são retas?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Este fenômeno é chamado de ilusão de Hering: as linhas horizontais parecem ser arqueadas, mas, na realidade, são retas.

6. Qual navio tem convés mais comprido?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Como você já deve ter adivinhado, a resposta é: nenhum deles, eles são iguais. Este é o efeito psicológico dos contrastes, porque percebemos os objetos em relação àqueles a seu redor, e não isolados.

  1. Qual forma é maior
Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Sim, elas também são iguais, mas a de cima parece ser mais curta que a de baixo, que também parece ter uma curvatura maior. Veja mais de perto e a verdade irá se revelar.

8. As letras estão no mesmo nível?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Esta ilusão foi criada por Iakov Perelman. As letras são compostas por linhas preto e branco. Se você desenhar uma linha reta, verá que elas estão distribuídas em uma linha em nível, e não inclinadas para diferentes direções.

9. O que você vê aqui?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

A ilusão das escadas de Schroeder. Você vê escadas? Ou um nicho com degraus? Ou um papel com linhas de leque? Na verdade a resposta correta são todas as anteriores, mas normalmente as pessoas só veem uma das opções. Mas se você apertar os olhos um pouco, acabará vendo mais, tente!

10. Qual homem é mais alto?

Do livro “Zanimatelnie igri i fokusi” (em tradução livre, “Jogos e truques”), de Iakov Perelman, 1959, editora DetGuiz.

Seus olhos provavelmente o farão acreditar que o homem à direita é mais alto, mas eles têm a mesma altura.

Curtiu? Então tente resolver 20 enigmas russos que vão dar um nó na sua cabeça!

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais
Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies