Brics querem regulamentar criptomoedas

Hoje existem cerca de 3 mil criptomoedas diferentes, mas não há uma compreensão comum de como regular seu volume de negócios.

Hoje existem cerca de 3 mil criptomoedas diferentes, mas não há uma compreensão comum de como regular seu volume de negócios.

Reuters
Decisão para criação de regras sobre valores virtuais foi tomada durante o 4° Fórum Jurídico do Brics.

Os participantes do 4° Fórum Jurídico do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) chegaram a acordo para a criação de um grupo de trabalho para regulamentar as moedas criptografadas, de acordo com declaração à agência de notícias TASS do presidente do conselho da Associação de Advogados da Rússia, Vladímir Gruzdev, na última quinta-feira (29).

"Estamos criando um grupo de trabalho internacional para desenvolver abordagens comuns na regulamentação legal da economia digital nos países do Brics", disse Gruzdev.

Segundo ele, hoje, existem cerca de 3 mil criptomoedas diferentes, mas não há uma compreensão comum de como regular seu volume de negócios, e o status das bolsas de valores que compram e vendem criptomoedas é indeterminado.

"Há questões sobre tributação e definição das moeda criptografadas. Todo mundo quer usá-las, mas o regime legal não é claro", disse.

Segundo a TASS, Gruzdev chefiará o grupo de trabalho do Brics para regulamentação das moedas criptografadas.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais