Helicóptero russo Ansat poderá ser fabricado no México

O preço de um Ansat é de US$ 3,9 milhões, ou seja, consideravelmente baixo, se comparado a seu principal concorrente, o Eurocopter EC-145.

O preço de um Ansat é de US$ 3,9 milhões, ou seja, consideravelmente baixo, se comparado a seu principal concorrente, o Eurocopter EC-145.

Vitaly V. Kuzmin
Moscou analisa possibilidade de produzir aeronaves civis no país latino-americano e já assinou o contrato para fornecimento da primeira aeronave ao país.

A Rússia quer começar a produzir helicópteros Ansat no México, de acordo com o ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Denís Manturov.

Na semana passada, o Manturov visitou o país latino-americano para discutir o fornecimento das aeronaves.

"Tivemos encontros com o ministro da Defesa do México e decidimos analisar a possibilidade de produzir os helicópteros ali para abastecer o mercado latino-americano", disse Manturov.

Helicóptero 'Ansat-U'.

A empresa mexicana Craft Avia Center já enviou uma proposta comercial à russa Russian Helicopters para a aquisição do primeiro helicóptero Ansat.

De acordo com a imprensa russa, representantes da empresa mexicana anunciaram ter intenção em adquirir 15 helicópteros russos até 2020.

"Enviamos uma proposta para a aquisição de um helicóptero. Mas queremos comprar até 15 aeronaves russas até 2020", confirmou o diretor da empresa mexicana, José de Vicente.

"A Craft Avia Center nos convidou a nos tornarmos os distribuidores de helicópteros Ansat no mercado mexicano. Já preparamos e enviamos uma oferta comercial para o fornecimento de um helicóptero que será usado para demonstrações a potenciais compradores. Esperamos assinar o contrato no futuro próximo", disse Boguínski.

Outros modelos

Além dos Ansat, o México e a Rússia discutiram a possibilidade de fornecimento dos novos aviões UAC MS-21 ao país latino-americano.

De acordo com o ministro russo, a fabricante está em negociações com a empresa mexicana Interjet, que já tem 22 aeronaves russas SSJ-100.

"Estamos satisfeitos com a nossa cooperação e, a partir de 2021, poderemos fornecer os UAC MS-21 à Interjet", disse o ministro russo ao portal Gazeta.ru.

Ansat, a 'Kaláshnikov aérea'

O nome Ansat significa "simples" em tártaro. Devido a sua simplicidade e fácil manutenção, ele também é conhecido como a “Kaláshnikov aérea” entre os russos.

O helicóptero, fabricado em Kazan, capital do Tatarstão, é usado na aviação civil.

O Ansat é um helicóptero leve e pode ser usado para transportar passageiros, carga ou realizar trabalhos de resgate.

Com múltiplas funções, ele é especialmente competitivo devido a seu baixo custo.

O preço de um Ansat é de US$ 3,9 milhões, ou seja, consideravelmente baixo, se comparado a seu principal concorrente, o Eurocopter EC-145.

O primeiro voo do Ansat foi realizado em 1999 e, em agosto de 2013, o helicóptero recebeu o certificado no registro do Comitê Interestatal de Aviação.

No mesmo ano, seis helicópteros Ansat-U foram adquiridos pela Academia das Forças Aéreas da Rússia para treinar cadetes.

Características técnicas

Tripulação: 1 a 2 pessoas

Comprimento: 13,76 m

Altura: 3,40 m

Peso sem carga: 1.900 kg

Peso bruto: 3.000 kg

Peso máximo de decolagem: 3.300 kg

Motores: 2 Pratt & Whitney Canada PW207K Turboshaft de 470 kW

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais