E-visa facilita acesso a regiões de São Petersburgo, Kaliningrado e Extremo Oriente; saiba detalhes

Getty Images
Se a ideia é cortar despesa e papelada ao mínimo, esta opção é para você.

O que é o visto eletrônico?

O e-visa é um novo tipo de visto para viagens à Rússia que, em determinados casos, pode ser usado em vez da habitual papelada. Esse e-visa foi lançado pela primeira vez em agosto de 2017 em viagens para Vladivostok, no Extremo Oriente do país.

O visto eletrônico pode ser comercial, turístico ou humanitário (se o objetivo for “estabelecer laços esportivos, culturais ou científicos/técnicos”, conforme a descrição oficial). Em todos os outros casos, é preciso solicitar um visto comum.

Quanto custa?

Ao contrário de um visto padrão de turista, que custa cerca de US$ 65, o e-visa é totalmente gratuito. Não há quaisquer taxas consulares.

Quais cidades posso visitar?

Cidadãos de 53 países (veja aqui a lista) já podem utilizar o visto eletrônico para visitar toda a região de Kaliningrado, incluindo a capital homônima. Tanto faz se o visitante chegar à região por via aérea, terrestre ou marítima. Moradores de 18 países também têm direito a viajar para o Distrito Federal do Extremo Oriente, que inclui, por exemplo, Petropavlovsk-Kamtchatski, Vladivostok, ilha Sacalina e Iakutsk.

Além disso, a partir de 1º de outubro de 2019, o regime de vistos eletrônicos também cobrirá São Petersburgo, a chamada ‘capital cultural’ da Rússia (veja a lista aqui) e a respectiva região de Leningrado.

No entanto, caso o turista entre no país desse modo, não será possível voar de São Petersburgo para Moscou e seguir direto para a Praça Vermelha – o visto eletrônico não é válido para viagens além das regiões anteriormente mencionadas.

Caso sirva de consolo, a lista de territórios russos que permitem entrada com e-visa vem se expandindo gradualmente, portanto, é possível que, um dia, Moscou também abra suas portas para os portadores de visto eletrônico.

Como faço para obtê-lo?

Em primeiro lugar, é preciso preencher um formulário no site do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia. Você terá que informar seu nome e sobrenome, objetivo da visita ao país (turista, negócios, ou questões humanitárias), informações sobre o local de trabalho e/ou estudo, e detalhes de contato de parentes/amigos.

Também é preciso anexar uma foto digital em formato JPEG – tirada até seis meses antes da viagem, em fundo branco e sem outros objetos. O tamanho da imagem deve ser o mesmo do padrão para passaporte, isto é, 3,5x4,5 cm.

Após preencher o formulário, clique no botão ‘Enviar’ e aguarde a confirmação de processamento. Para quem planeja entrar na Rússia com os filhos, é necessário enviar uma solicitação separada para as crianças.

Quantos dias antes da partida devo me inscrever?

O formulário deve ser enviado entre 20 e 4 dias antes do início da viagem.

Além disso, o passaporte deve ter, ao menos, seis meses de validade a partir da data da solicitação do visto. Verifique ainda se há espaço no documento para carimbos de entrada/saída – o ideal é ter, pelo menos, uma página em branco.

Quanto tempo levar para processar o pedido?

O e-visa não é emitido imediatamente. A solicitação leva 4 dias corridos para ser processada, independentemente de feriados ou fins de semana. Durante esse período, a resposta será enviada por e-mail. Você deve então imprimir essa confirmação ou salvá-la em seu smartphone. Assim como um visto regular, as companhias aéreas pedirão para vê-lo no check-in – assim como o guarda de fronteira no destino.

Caso o solicitante não receba uma notificação dentro de quatro dias, ou se o pedido for negado, basta entrar em contato com o consulado ou embaixada russa local e fazer a solicitação novamente. O número de solicitações permitidas não foi especificado.

Que outros documentos são necessários?

Todos os cidadãos estrangeiros que chegam à Rússia com e-visa devem ter seguro médico válido no país com cobertura de, pelo menos, 30.000 euros.

Por quanto tempo é válido?

Os vistos eletrônicos russos são de entrada única e valem por um período de 30 dias corridos – mas atenção: os portadores só podem permanecer no país por, no máximo, oito dias. A contagem regressiva começa à meia-noite do dia da chegada.

Por exemplo, se você passar pelo controle de passaporte às 21h00 do dia 5 de agosto, a contagem regressiva começará à meia-noite do dia 5 de agosto (ou seja, 21 horas antes). Portanto, é recomendável pegar um voo que chegue à Rússia pouco depois da meia-noite – isso lhe dará um dia ‘extra’ para curtir a viagem.

LEIA TAMBÉM: Quanto custa viajar para Moscou e São Petersburgo? Saiba em R$

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies