4 razões para jogar tudo para o alto e ir a Voronej

Situada a 500 km ao sul de Moscou, Voronej é uma cidade pitoresca

Legion Media
Cidade que fica 500 km ao sul de Moscou não é a escolha mais óbvia para uma viagem, mas Voronej tem muito a oferecer: desde o primeiro navio de guerra russo construído por Pedro, o Grande até teatros e parques modernos.

Apesar do status de cidade grande – com 1,03 milhão de habitantes –, Voronej não é o destino mais glamoroso nem mesmo (ou especialmente) entre os russos. Isso porque não é uma capital como Moscou, nem um símbolo cultural importante como São Petersburgo, nem distante e exótica como Vladivostok, nem quente e tropical como Sochi – e, sim, um típico centro regional como qualquer outro.

Ainda assim, Voronej tem seus pontos positivos. É de fácil acesso a partir de Moscou: menos de sete horas a bordo de um trem de dois andares, que custa cerca de 1.000 rublos (US$ 15), portanto, uma viagem de dois dias não é problema para quem estiver na capital. O clima é outro bônus. Pelo fato de estar situada ao sul do que Moscou, o clima é mais ameno e quente. Mas, afinal, o que há para fazer em Voronej? 

Ver o primeiro grande navio de guerra da frota russa

Navio de guerra Goto Predestinatsia

Segundo o sociólogo Dmítri Soloviov, que estudou as características dos moradores da cidade, os locais têm muito orgulho em chamar Pedro o Grande de “um dos seus” e serem conhecidos como “o berço da frota russa”. Embora Pedro, o Grande (que governou de 1682 a 1725) seja mais associado com São Petersburgo, fundada por ele, foi no sul que o tsar começou a vida como comandante naval, e os primeiros navios de guerra russos foram construídos no rio também chamado Voronej.

O mais famoso deles é o Goto Predestinatsia (Predestinação de Deus), o primeiro encouraçado de 4ª classe, com 58 canhões, construído nos estaleiros de Voronej em 1700. Antes disso, a frota russa não possuía embarcações desse porte.

Uma réplica desse navio pode ser vista agora no cais perto da Praça do Almirantado, em Voronej, e funciona como um museu onde os visitantes podem estudar seu interior e ver como a vida era dura para os primeiros marinheiros russos.

Observar a mistura de moderno e antiguidade

Como muitas outras cidades da província russa, Voronej combina o aconchego da vida no passado com a modernidade. Mas aqui a paisagem torna isso mais atraente.

LEIA TAMBÉM: 10 coisas para NÃO fazer na Rússia de jeito nenhum 

A parte histórica da cidade fica em uma colina íngreme na margem direita do rio Voronej. O topo é cortado por ruas rodeadas por prédios soviéticos, entremeados por edifícios altos e ultramodernos; já descendo para o rio, há becos estreitos e rústicos cobertos de vegetação, onde se pode encontrar casas pré-revolucionárias, embora sejam poucas (92% de Voronej foi destruída durante a Segunda Guerra Mundial).

Esse contraste vívido oferece uma noção da Rússia como um todo: a via dos barulhentos centros de negócios ao estilo de Moscou até a calmaria das casas antigas leva cinco minutos, no máximo. Voronej exala o espírito da antiga Rússia, mas os cafés, parques e teatros não perdem em nada para os de Moscou – e são menos cheios.

Admirar o mar artificial” de Voronej

Dentro da cidade, o rio Voronej se transforma em um reservatório conhecido como o “mar de Voronej” – em 1972, o rio foi represado, inundando florestas e prados para irrigação e fornecendo água para a indústria. A vista é impressionante: o reservatório tem 50 km de extensão e cobre uma área de 70 km2. Nenhuma outra cidade na Europa tem um reservatório artificial tão grande dentro de seus limites.

Devido às emissões industriais, o “mar” não é limpo; Os ecologistas classificam a maior parte dele como uma zona de poluição moderada. Mas isso não diminui a beleza óbvia do reservatório: um dos melhores lugares para se caminhar na cidade é a barragem de Pridatchenskaia, uma ilha verde bem no meio do rio Voronej.

Visitar o Stonehenge russo e a cidade de ossos de mamute

Uma das igrejas de Divnogorie

As áreas de estepe ao redor de Voronej contêm muitas coisas fascinantes: 140 km ao sul da cidade fica o pitoresco planalto de Divnogorie, com pilares calcários remanescentes do Stonehenge britânico, bem como igrejas esculpidas em rochas brancas, um mosteiro do século 17, e as ruínas de fortalezas medievais.

Todos os pontos turísticos da cidade vizinha de Divnogorsk são uma imagem da modernidade em comparação com as exposições de Kostenki, um vilarejo a 70 km de Voronej. O museu local abriga ossos gigantescos e itens do dia a dia de seres humanos do período Paleolítico Superior que habitaram a região há cerca de 45 mil anos. O solo em Kostenki (o nome significa “pequenos ossos”) é tão cheio de lugares da Idade da Pedra que os restos de mamutes aparecem literalmente nos jardins.

Paisagem de Kostenki

Os ônibus para Kostionki partem de Voronej; para chegar a Divnogorie, pegue um ônibus ou trem para a cidade de Liski, e de lá recorra a um táxi.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies