Impacto da crise pode superar estatísticas, sugere estudo

Média salarial desejada é quase 700 reais superior à média real

Média salarial desejada é quase 700 reais superior à média real

Reuters
Pesquisa de instituto independente abordou quanto uma família deveria ganhar para ter ‘vida normal’ no país. Aumento de 15% na demanda salarial excede a inflação de 5,6% ao ano e sugere descompasso com estatísticas oficias, segundo instituto.

Um estudo do instituto Romir avaliou qual deve ser a renda média mensal para uma família de três pessoas, e os resultados revelam que o índice de russos que acreditam ser necessário ganhar mais para manter uma “vida normal” no país cresceu.

A quantidade de russos que responderam que o valor deve ser superior a 120 mil rublos (quase R$ 7.000) mais do que dobrou em um ano – de 10% em 2016 para 22%. Paralelamente, cerca de dois terços dos entrevistados (63%) afirmaram se contentar com um salário mensal entre 45 mil e 120 mil rublos (R$ 2.600 a R$ 6.960).

A quantidade de pessoas que citaram entre 45 mil e 60 mil (R$ 2.600 a R$ 3.480) e 60 mil a 90 mil rublos (R$ 3.480 a R$ 5.220) – 22% e 24%, respectivamente – caiu em relação aos anos anteriores. Já os russos que acreditam ser necessário ganhar entre 90 mil e 120 mil rublos (R$ 5.220 e R$ 6.960) ao mês se manteve em 17%.

Além disso, segundo os entrevistados, a média salarial desejada é de 83.600 rublos (R$ 4.848), o que é 11.800 rublos (R$ 684) a mais do que a média salarial real.

Esse número também representa um aumento de 15% em relação ao ano passado e é o maior índice desde que esses dados começaram a ser registrados.

O aumento de 15% na demanda salarial excede a inflação de 5,6% ao ano, destaca o Romir, e “sugere que a experiência pessoal do consumidor com a crise econômica e o aumento dos preços podem ter mais peso do que as estatísticas oficiais”.

O relatório revela ainda diferenças significativas conforme sexo, idade e local. Em termos financeiros, as mulheres têm uma tendência mais moderada que os homens, os jovens nutrem mais expectativas que os idosos, e os moradores de áreas urbanas altamente povoadas possuem demandas mais altas do que os de cidades menores.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.