Helicópteros russos participam de missão da ONU na Colômbia

Companhia russa que venceu licitação tem experiência no transporte aéreo humanitário no Sudão, Somália, Afeganistão etc.

Companhia russa que venceu licitação tem experiência no transporte aéreo humanitário no Sudão, Somália, Afeganistão etc.

Aleksêi Malgavko/RIA Nôvosti
Mi-8MTV da empresa UTair serão utilizados em missões humanitárias.

A companhia aérea russa UTair começou a realizar missões humanitárias na Colômbia após vencer uma licitação da ONU. O governo colombiano apoiou a presença dos helicópteros russos no país.

Os dois Mi-8MTV serão utilizados para o transporte de passageiros e carga, evacuação médica e de emergência. Os helicópteros russos terão duas bases em Bogotá e em Medellín.

Além disso, a companhia UTair Engineering criará uma estação de serviço técnico na capital colombiana.

A porta-voz da missão das Nações Unidas na Colômbia, Carolina Azevedo, explica que os helicópteros russos farão parte de uma missão cujo objetivo é confirmar a desmobilização e o abandono de armas pelas FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

“A UTair estará na Colômbia temporariamente, por cerca de três meses, com dois helicópteros disponíveis para apoiar a ONU no processo de verificação de abandono das armas pelas FARC e, assim, garantir o cumprimento do acordo de paz final no prazo estabelecido”, declarou Azevedo.

A UTair já cumpre diversas missões humanitárias da ONU há anos em diversos países.

Atualmente, 45 helicópteros da empresa russa realizam transporte aéreo humanitário no Mali, na República Centro-Africana, na Somália, no Sudão, no Sudão do Sul, no Afeganistão, no Líbano, na República Democrática do Congo e na Libéria.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.