Rússia é o sexto melhor país europeu para estudantes estrangeiros

Programa de internacionalização ajudou Rússia a subir posições em ranking

Programa de internacionalização ajudou Rússia a subir posições em ranking

Getty Images
Estudo avaliou ensino, custo e oportunidades em 30 países do continente. Segundo organização responsável pelo ranking, Rússia tende a subir mais degraus em 2018.

A Rússia ficou classificada em 6º lugar entre 30 países europeus como o melhor lugar para estudantes internacionais, segundo o recém-publicado ranking Study.EU 2017. O país perde apenas Alemanha, Reino Unido, Holanda, França e Suécia.

“Não é nenhuma surpresa que a Rússia tenha obtido uma pontuação tão alta no ranking deste ano. As universidades do país gozam de notável reputação em todo o mundo. Os recentes esforços de internacionalização do ensino superior têm dado frutos, e os alunos têm agora muitas opções para escolher”, declarou o diretor-presidente da Study.EU, Gerrit Bruno Blöss, à Gazeta Russa.

O ranking da Study.EU aborda as necessidades específicas dos estudantes que procuram educação de alta qualidade e acessível no exterior. Entre os fatores avaliados estão ensino, custo, e oportunidades de carreira.

“Não ficaremos surpresos se a Rússia chegar ao top 5 no ranking do ano que vem. Com seu Projeto 5-100, para internacionalizar e melhorar sua competitividade acadêmica, a Rússia tem vantagem sobre outros países europeus”, concluiu Blöss. 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.