Pútin tira férias-relâmpago e acampa na taiga siberiana

Pútin é conhecido por aventuras em meio à natureza, como este passeio de cavalo pela Khakássia em 2010

Pútin é conhecido por aventuras em meio à natureza, como este passeio de cavalo pela Khakássia em 2010

Aleksêi Drujinin/RIA Nˆpvosti
Após reunião em Krasnoiarsk, presidente decidiu se aventurar na região. Cidade siberiana irá sediar Universíada de Inverno em 2019.

O presidente russo Vladímir Pútin tirou uma miniférias de 24 horas e passou a noite no meio da taiga da Sibéria, informou o porta-voz da presidência russa, Dmítri Peskov, à agência Ria Nôvosti.

Pútin chegou a Krasnoiarsk na última terça (28) para presidir uma sessão sobre os preparativos da 29ª Universíada de Inverno. O evento acontecerá na cidade em 2019.

Após o encontro, ocorrido na quarta-feira (1º), o presidente decidiu permanecer na região e experimentar uma noite ao relento. “As condições [locais] são como numa trilha, e eu não posso revelar mais detalhes", disse Peskov.

O porta-voz do Kremlin também não confirmou se o presidente havia sido acompanhado pelo ministro da Defesa russo, Serguêi Choigu.

“No que diz respeito a Choigu, não posso dizer nada, não tenho informações, porque essas 24 horas fazem parte dos planos pessoais do presidente, e não trabalho; simplesmente, não sei”, concluiu Peskov.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.