Embaixador da Rússia na ONU morre aos 64 anos em Nova York

Tchúrkin após pronunciamento durante a nomeação de atual secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, em outubro passado

Tchúrkin após pronunciamento durante a nomeação de atual secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, em outubro passado

AP
Vitáli Tchúrkin faleceu após ataque cardíaco na véspera de seu aniversário.

O embaixador da Rússia nas Nações Unidas, Vitáli Tchúrkin, morreu inesperadamente em Nova York, nos Estados Unidos, nesta segunda-feira (20), informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo.

O órgão não deu detalhes sobre as circunstâncias da morte, mas prestou condolências aos familiares de Tchúrkin.

“O Ministério dos Negócios Estrangeiros russo lamenta profundamente anunciar que o representante permanente da Rússia nas Nações Unidas, Vitáli Ivanovitch Tchúrkin, faleceu repentinamente em Nova York em 20 de fevereiro, um dia antes de seu 65º aniversário”, lê-se em uma nota divulgada pela pasta.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros russo perdeu “um diplomata de destaque” e “um homem muito querido para nós”, disse a porta-voz do órgão, Maria Zakhárova, ao comentar a morte súbita do colega.

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?  
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.