Divirta-se com as sinalizações de trânsito na Rússia

A sign reading "forbidden to talk to strangers" at Patriarch's Ponds in Moscow. 06/19/2012

A sign reading "forbidden to talk to strangers" at Patriarch's Ponds in Moscow. 06/19/2012

Evgeny Biyatov/RIA Novosti
De morsas a esquilos, de cuidados com o cérebro, memórias sobre a história e simples intervenções artísticas, as placas espalhadas por algumas cidades na Rússia não apenas conseguem tirar um sorriso do transeunte —turista ou morador—, mas faz com que o cotidiano seja mais “colorido”. Veja aqui alguns exemplos.

Nem todas as placas de trânsito na Rússia estão em conformidade com a Convenção de Viena sobre sinalização viária – algumas são colocadas por ativistas ou grupos artísticos. Algumas delas estão relacionadas aos animais, outras surgiram graças a obras literárias. Às vezes, as placas carregam um ônus social. Reunimos as mais engraçadas placas de trânsito de diferentes cidades da Rússia - algumas divertidas, outras nem tanto.

Foto: Evguêni Biatov/RIA NôvostiFoto: Evguêni Biatov/RIA Nôvosti

A placa "Cuidado, morsas" foi instalada no pavilhão "Tchukotka" durante o Fórum Econômico do Leste de 2016, na cidade de Vladivostok. As morsas do Pacífico fazem parte da população do Distrito Autônomo de Tchukotka.

Foto: Vladímir Smirnov/RIA NôvostiFoto: Vladímir Smirnov/RIA Nôvosti

Olkhon é a maior ilha do maior lago do mundo, o Lago Baikal. No inverno, quando a água congela, passagens são delimitadas diretamente sobre o gelo e são colocadas placas de alerta do tipo "Peso máximo permitido dos veículos 5t", " Velocidade recomendada 10 km/h", "Proibido parar”, entre outras.

A placa "Cuidado, caçadores de pokémons!" apareceu na cidade de São Petersburgo em um local de grande concentração dos personagens do jogo virtual Pokémon GO. No entanto, a placa de “alerta” foi removida pouco tempo depois.

Foto: Agência MoskvaFoto: Agência Moskva

A placa "Cuidado, zumbis!" que apareceu em Moscou, na área do centro de exposições "Sokólniki", alerta os motoristas sobre pedestres que não conseguem desgrudar os olhos de seus gadgets nem olham para frente ou para os lados mesmo quando estão andando.

Foto: Danil TchurilovFoto: Danil Tchurilov

"Cuidado com os esquilos!", avisa a placa na avenida marginal Sverdlovskaia, em São Petersburgo. Os pequenos roedores são frequentemente vistos nas redondezas.

Foto: Vladímir Fedorenko/RIA NôvostiFoto: Vladímir Fedorenko/RIA Nôvosti

Sim, a Rússia também tem a sua Paris (ПАРИЖ, em russo) —que foi fundada por cossacos em 1842 para servir de assentamento militar do exército cossaco de Orenburg e recebeu o nome da capital da França em memória do período em que as tropas russas ali permaneceram depois da derrota do exército de Napoleão. É uma vila localizada no distrito Nagaibakski, na região de Tcheliabinsk. A Paris russa possui uma Torre Eiffel própria, instalada em 2005, que realiza as funções de uma torre de celular.

Foto: Administração da cidade de BarnaulFoto: Administração da cidade de Barnaul

Placas de trânsito inusitadas contendo plaquinhas refletoras amarelas com imagens de animais surgiram na cidade de Barnaul (centro administrativo do território de Altai) no ano passado. A campanha visa atrair a atenção dos motoristas para as violações das regras de trânsito. Aqueles que não cumprem as regras são associados a bodes e a carneiros. "Bode" e "carneiro" são xingamentos populares em russo, especialmente entre os motoristas. Os nomes dos animais sublinham a falta de inteligência, como “burro", em português.

Foto: Evguêni Biatov/RIA NôvostiFoto: Evguêni Biatov/RIA Nôvosti

A placa "Proibido conversar com estranhos” foi colocada em Patriarchie Prudi —que significa Lagos do Patriarca, em russo, e é um lugar pitoresco, próximo ao centro da cidade, ideal para caminhadas e conversas à sombra de árvores), em Moscou. O tema surgiu por causa do romance "O mestre e Margarida" do famoso autor Mikhail Bulgákov. Na placa estão retratados os personagens do mundo das trevas – o diabólico Woland, Koroviev e o gato apelidado de Beguemot. Leia o primeiro capítulo do romance cuja ação se passa justamente nesse local e você entenderá por que essa placa é simplesmente imprescindível ali.

O grupo de arte "Iav" espalhou placas alternativas com slogans motivacionais pela cidade de São Petersburgo. A placa "Faça seu cérebro trabalhar!" está localizada em frente ao Museu Russo.

Foto: Pável Lisitsin/RIA NôvostiFoto: Pável Lisitsin/RIA Nôvosti

Você não irá encontrar uma placa assim em vias públicas. A placa "Cuidado, tanques" pode ser vista durante os exercícios militares nos polígonos e nas demonstrações dos armamentos militares.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.