Pútin manifesta condolências por Chapecoense

Funcionários do resgate carregam sobrevivente do acidente com time catarinense na Colômbia nesta madrugada.

Funcionários do resgate carregam sobrevivente do acidente com time catarinense na Colômbia nesta madrugada.

AP
União Russa do Futebol e Kuban, que negociou jogador neste ano com clube catarinense, também emitiram comunicados em homenagem a equipe vitimada em acidente aéreo.

O presidente russo Vladímir Pútin expressou condolências a seu homólogo, Michel Temer, devido ao acidente ocorrido na madrugada desta terça-feira (29) com avião que levava o time de futebol Chapecoense.

"Em telegrama de condolências, o chefe de Estado russo apresentou seus sentimentos e apoio aos familiares e próximos às vítimas, assim como os desejos de uma recuperação rápida dos sobreviventes", lê-se em comunicado do Kremlin.

Até então, foram reportados 75 mortos e 6 sobreviventes, entre esses, três jogadores do time.

O time rumava a Medellin em voo da empresa boliviana Lamia. A aeronave levava 9 tripulantes e 72 passageiros, entre eles também jornalistas da Globo, da RBS, da Fox TV e de algumas rádios.

A União Russa do Futebol também apresentou condolências.

"A União Russa do Futebol manifesta profundas condolências a todos os familiares e próximos das vítimas desse desastre aéreo. Eles estarão eternamente em nossa memória", lê-se em comunicado da organização.

Kuban

A equipe do Kuban também se expressou sobre o ocorrido. O time esteve em negociações recentemente com o Chapecoense, com a transferência, em janeiro, do lateral direito brasileiro Apodi para o clube russo.

"O clube de futebol Kuban manifesta suas condolências a todos os familiares e próximos dos jogadores, treinadores e funcionários, assim como aos torcedores do clube 'Chapecoense' em relação à queda do avião que levava a equipe brasileira", lê-se em comunicado divulgado pelo "Kuban".

Apodi, no momento, joga pelo Sport Club do Recife. Com contrato de dois anos com o clube russo, o lateral está de volta ao Brasil emprestado.

Com os jornais Rossiyskaya Gazeta e Sport Ekspress e a agência Ria Nôvosti.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.