Guia de sobrevivência: como entender uma russa

Floriculturas estão presentes em todo lugar, já que flores são presente comum

Floriculturas estão presentes em todo lugar, já que flores são presente comum

Panthermedia/Vostock-photo
Feminismo é bom, mas não quando vão ao supermercado – e prepare-se para esperar.

Para entender a misteriosa alma de uma garota russa, o ideal é ler Dostoiévski ou Tolstói, e não este guia de sobrevivência. Mas os clássicos russos não se destacam pela concisão e nem sempre temos tanto tempo para dedicar à leitura antes de um primeiro encontro. Portanto, se você deseja que o primeiro encontro seja seguido de outros, fique bem atento a estas regras.

•      Todas as mulheres na Rússia são garotas. Aqui, não temos o costume de nos dirigirmos a uma representante do sexo feminino utilizando as palavras "mulher" ou "menina". Mesmo que a sua eleita já tenha bem mais de 45 anos, ainda assim, é preciso chamá-la de "garota". Qualquer outro tratamento não só deixaria a pretendente chateada, como também poderia ser interpretado como um insulto.

•      O homem deve pagar a conta. Neste caso não há opção, pois na Rússia as garotas esperam que você pague. Mesmo que, formalmente, ela tenha feito o convite. Mesmo que você peça apenas um café e ela um jantar de cinco pratos com sobremesa. Em Paris e Nova York a conta pode ser dividida por igual, mas em Moscou, se você propuser isso, a garota certamente vai achar que você é um pão-duro. Se for bem educada, quando trouxerem a conta, ela pegará a bolsa e fingirá que está pronta para dividir as despesas. Mas não acredite nisso, é pura encenação.

•      O homem deve carregar as sacolas. Feminismo é bom, mas quando vão ao supermercado as garotas o deixam em casa.  Se no caixa você se deparar com duas sacolas, uma leve e outra mais pesada, o passo certo a ser dado é você pegar as duas. O ideal é tentar proceder de tal modo que a sua acompanhante nada tenha nas mãos além de uma bolsinha feminina.

•      Sinais de atenção. As garotas russas valorizam mais as manifestações de cavalheirismo do que as mulheres ocidentais e têm maiores expectativas em recebê-las de você. Abrir a porta do carro, ajudar a vestir o casaco, deixar a dama passar na frente na saída ou na entrada de um edifício: todos são procedimentos padrão, mas bastante eficazes. A propósito da entrada e da saída, na maioria esmagadora dos casos, a garota tem prioridade. Mas não no caso do elevador, pois ali é o homem que deve entrar primeiro. Aparentemente, o costume parte da ideia de que se a cabine não estiver lá é melhor que o sacrificado seja você, e não a garota.

•      Compre flores. Em primeiro lugar, você sempre deve dá-las de presente. Em segundo lugar, é costume na Rússia dar um buquê com número ímpar de flores. Acredita-se que um número par de flores deve ser levado aos funerais. Mas atualmente as floristas defendem que, se o buquê for constituído por mais de 10 flores, você não precisa esquentar muito a cabeça com esse detalhe. Então a escolha é simples: ou compre um número ímpar, ou leve tantas flores que fique difícil contar.

•     Prepare-se para esperar. Na Rússia, as mulheres têm permissão, quase que em nível legislativo, de chegar atrasada aos encontros. Se uma garota chegar de 10 a 15 minutos após a hora marcada, considere que ela nem se atrasou. As razões do atraso podem ser diversas: engarrafamentos ou reuniões de trabalho, dificuldade para decidir se os sapatos combinavam com o vestido e até mesmo uma estratégia para não parecer muito oferecida, pois sua mãe lhe ensinou que as moças que conhecem o próprio valor nunca chegam na hora.  Tentar esclarecer o que realmente aconteceu é inútil e até mesmo pode ser considerado falta de tato.  Sorria e diga que está feliz em vê-la, mesmo que na rua já tenha escurecido e você esteja congelando de frio.

•       Muito cuidado com o"está tudo bem". Nesse tópico nenhum manual poderá ajudá-lo. Há séculos os homens russos tentam descobrir o que uma garota quer dizer quando pronuncia essa frase. Será que isso significa que tudo realmente está bem e não há com que se preocupar? Ou isso é uma insinuação de que você precisa urgentemente correr e comprar um milhão de rosas vermelhas e uma caixa de bombons? Se for a segunda opção, então o que foi que a deixou magoada? Infelizmente, nesse caso, a compreensão é alcançada apenas através do método de numerosas tentativas e erros ainda mais numerosos. Não existe outra maneira. E mesmo essa não é garantida. Não é à toa que uma das piadas favoritas dos homens russos sobre esse tema é: "Você está magoada?". "Não". "Muito?”. "Sim".

Poderíamos continuar este guia indefinidamente. Mas isso iria privá-lo das fortes emoções vividas ao tentar encontrar uma linguagem comum com uma garota russa. Mas se nada for capaz de assustá-lo e você acabar decidindo se casar com ela, não deixe de ler Tolstói e Dostoiévski. Será bastante útil.

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail?   
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.