Curitiba ganhará centro de difusão da cultura russa

À procura de espaço físico, centro em Curitiba terá foco em aulas de russo

À procura de espaço físico, centro em Curitiba terá foco em aulas de russo

Foto: Alamy/Legion Media
Além de cursos, iniciativa do Ibrics irá proporcionar mostras, concertos e feiras com temática russa. Instituto pretende ainda criar projetos semelhantes com China e Índia.

A cidade de Curitiba, no Paraná, deverá ganhar em breve um espaço para a difusão da língua e da cultura russa. Desenvolvido por um grupo de professores de línguas de origem russa, o projeto ‘Mundo Russo’ foi apresentado ao cônsul-geral da Rússia em São Paulo, Konstantin Kamenev, durante reunião do Ibrics (Instituto Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul de incentivo à Indústria, ao Comércio, à Ciência e à Cultura).

“É um projeto importante e damos apoio permanente a iniciativas como essa nas áreas da ciência e da cultura”, afirmou Kamenev após o encontro, realizado na quinta-feira (12).

A ideia é promover cursos, exposições artísticas e históricas, concertos, apresentações de balé e folclore, oficinas de artesanato, feiras gastronômicas, discussões científicas e mostras de cinema russo e da ex-União Soviética.

O foco principal serão os cursos de língua russa, destinados a estudantes, turistas e bolsistas. Outra meta do ‘Mundo Russo’ será incentivar o intercâmbio acadêmico com estudantes da Rússia, da Bielorrússia, da Ucrânia e do Cazaquistão.

Segundo um dos coordenadores, o professor Igar Pyjan, os cursos, que terão carga horária de 2 horas a 60 horas, já foram organizados e falta apenas um espaço físico.

“O Ibrics vai funcionar como um guarda-chuva financeiro e legal”, disse o presidente do instituto, Rubens Gennaro, acrescentando que espera-se desenvolver projetos semelhantes com representantes da China e da Índia.

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail? 
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.