Vice-ministro russo defende não intervenção em crise brasileira

Riabkov: "Intervenção externa é destrutiva"

Riabkov: "Intervenção externa é destrutiva"

EPA
Serguêi Riabkov, da pasta dos Negócios Estrangeiros, disse que país aprecia cooperação com Brasil.

Em entrevista ao jornal Izvêstia publicada nesta segunda-feira (28), o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguêi Riabkov, declara que o país se manifesta a favor de uma resolução dos problemas políticos internos do Brasil em conformidade com a Constituição e sem intervenções externas.  

"Vemos que, no plano da política interna, o Brasil passa agora por um momento conturbado. Para nós, é importante que todos os problemas que possam surgir ali sejam resolvidos com em conformidade com as bases legais constitucionais, sem tentativas de uma intervenção externa destrutiva", disse.

Riabkov também ressaltou que a Rússia tem em alto apreço a cooperação com o Brasil.

"É um país com que nos relacionamos de maneira muito produtiva de diferentes formas, entre elas, no G-20, no Brics e em muitos âmbitos da ONU", afirmou.

Com informações da agência de notícias Tass.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.