Tribunal de Níjni Nôvgorod obriga reú a pagar com reza

Partes chegaram a acordo de paz que inclui "prece pela saúde do peticionário"

Partes chegaram a acordo de paz que inclui "prece pela saúde do peticionário"

Sergey Pyatakov / RIA Novosti
Empresa processou Diocese após receber apenas metade do pagamento por serviço.

O Tribunal de Arbitragem de Níjni Nôvgorod (cerca de 500 km a leste de Moscou) condenou na quinta-feira (11) a Diocese da Igreja Ortodoxa Russa a rezar pela saúde do proprietário da companhia "Era", que prestou serviço para a ré, mas recebeu apenas parte do pagamento.  

"No acordo de paz atestado pelo Tribunal de Arbitragem da Região de Níjni Nôvgorod, a ré foi se comprometeu a rezar pela saúde do peticionário em agradecimento pelo perdão da dívida que era objeto de discussão", lê-se na decisão do tribunal.

O serviço prestado pela "Era" havia sido orçado em 916 mil rublos (R$ 46 mil), mas a companhia recebeu apenas a metade, 458 mil rublos.

Com material do portal Regnum.Ru.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.