Unesco fecha escritório em Moscou por falta de verba

Decisão de fechar escritório havia sido tomada em 2008.

Decisão de fechar escritório havia sido tomada em 2008.

Ruslan Krivobok/RIA Nóvosti
Parte dos recursos serão realocados para projetos do braço da ONU na África. Comunicação de Moscou com sede da Unesco passará a ser conduzida pela Comissão Nacional da Unesco na Rússia.

A Unesco, braço da ONU para educação e cultura, fechou seu escritório na capital russa, após mais de 20 anos em operação, alegando dificuldades financeiras.

“A comunicação de Moscou com a sede principal da agência da ONU em Paris será agora submetida à Comissão Nacional da Unesco na Rússia, chefiada pelo chanceler russo Serguêi Lavrov”, anunciou o secretário-executivo da comissão, Grigóri Ordjonikidze, em entrevista ao canal russo Moskva-24.

“A Unesco pretende transferir parte do financiamento antes destinado ao escritório de Moscou para projetos da agência na África”, acrescentou Ordjonikidze.

O encerramento das atividades do escritório da Unesco em Moscou havia sido anunciado no ano passado. De acordo com a chefe da missão permanente do órgão na Rússia, Eleonora Mitrofanova, a decisão foi tomada ainda em 2008.

O escritório de Moscou operava desde 1994. Em 2002, seu mandato foi estendido e passou a incluir outros quatro países: Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia e Moldávia.

Publicado originalmente pelo jornal The Moscow Times

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.