Celebridades usam fama para salvar animais na Rússia

Steven Seagal tira selfie em estande sobre tigre-de-amur durante Fórum Econômico do Oriente, em Vladivostok

Steven Seagal tira selfie em estande sobre tigre-de-amur durante Fórum Econômico do Oriente, em Vladivostok

Artiom Korotayev/TASS
Pamela Anderson e Steven Seagal são algumas das personalidades engajadas.

1. A boia vermelha da “salva-vidas de Malibu” Pamela Anderson foi leiloada por 3 milhões de rublos (quase US$ 45 mil) em um leilão beneficente em Vladivostok. O dinheiro será revertido à proteção de leopardos e tigres.

Outro objeto doado pela atriz – uma foto autografada – tem valor inicial de 50 mil rublos (US$ 740) e aguarda lances.

“As pessoas na Rússia se preocupam com a preservação dos animais”, declarou Pamela, durante visita aos animais salvos de alagamento no zoológico em Ussurisk.

Em julho, a atriz chegou a enviar uma carta aberta ao presidente Vladímir Pútin pedindo para o país bloquear um navio que partira da Islândia rumo ao Japão com 1,7 toneladas de carne de baleia. O governo, porém, rejeitou o pedido da modelo, explicando que Moscou não tinha base legal para deter a embarcação, pois o incidente não ocorrera em águas russas.


Pamela Anderson escreveu carta a Pútin pedindo apoio para interceptar navio Foto: Reuters

2. Em apoio aos leopardos do Extremo Oriente, o ator Steven Seagal comprou, por por 229,9 mil rublos, um machado-faca feito de aço damasco com gravações a ouro e prata.

O apoio à causa se deu depois de Seagal visitar a exposição “Terra de Leopardo”, no Parque Nacional de Primorsk, onde os leopardos-de-amur são monitorados.

“Quero usar o meu rosto e o meu nome para ajudá-los”, disse. Segundo os ambientalistas, por meio do controle humano, já foi possível aumentar a população desses felinos de 20 para 70.

3. Iliá Lagutenko, líder do grupo Mumiy Troll, e o famoso ator hollywoodiano Harrison Ford participam, desde 2008, de uma ação internacional para salvar o tigre-de-amur.

Na época, por iniciativa do Banco Mundial, foi criada a “Coalizão Internacional do Tigre’, que uniu representantes de várias organizações de proteção desses animais e personalidades famosas: a Rússia, por exemplo, está representada por Lagutenko, os Estados Unidos, por Harrison Ford, e a China, pelo jogador de basquete Yao Ming.

4. O destino dos tigres também preocupa o ator Leonardo DiCaprio, que fundou, em 1988, uma fundação para subsidiar ações de defesa à natureza. 

Ele doa regularmente grandes somas para a solução de problemas ambientais, inclusive para proteção da população de tigres e defesa dos elefantes, e está também envolvido na proteção da floresta amazônica. 

O ator é membro do grupo de especialistas do World Wildlife Fund.

5. A atriz britânica Emma Watson, por sua vez, está contribuindo para reverter o desaparecimento do salmão selvagem. Mas, ao contrário de DiCaprio, ela não vai a parques nacionais. 

Em vez disso, coloca os seus pertences pessoais em um leilão especial, e todas as receitas são revertidos a favor do Fundo de Proteção do Salmão Selvagem. 

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.