Mercadorias com Pútin viram tendência entre os russos

Simbolismo patriótico tornou-se uma tendência da moda entre os russos Foto: Reuters

Simbolismo patriótico tornou-se uma tendência da moda entre os russos Foto: Reuters

Segundo pesquisa, russos acreditam que produtos reforçam a credibilidade do presidente. No entanto, o próprio Pútin tem uma atitude negativa sobre o uso de sua imagem no comércio.

De acordo com uma pesquisa recente do Centro Levada, 28% dos russos acreditam que a difusão da imagem do Vladímir Pútin em camisetas reforça a sua credibilidade. Entre os produtos com a imagem do líder russos, a maior demanda é por camisetas.

“Surgiu uma onda de patriotismo no país e decidimos que também devemos refletir essa tendência em nossos produtos. Assim apareceu a primeira camiseta com a imagem de Pútin, dedicada à Crimeia”, disse à Gazeta Russa Kiril Karavaev, criador da Design Ministry, empresa que produz camisetas com a imagem de políticos.

Essa peça de roupa com a cara do presidente se tornou uma tendência não só entre os russos, mas também entre celebridades internacionais, como Mickey Rourke e Steven Seagal.

Além das imagens do presidente russo, há produtos que estampam a cara de outras personalidades políticas, como o ministro dos Negócios Estrangeiros, Serguêi Lavrov, e o Representante Permanente da Rússia na ONU, Vitáli Tchúrkin. “No final de 2014, a demanda se estabilizou, mas não sentimos o entusiasmo do ano passado.”

A vendedora Anastasia, que trabalha em um loja com produtos patrióticos, confirma que a demanda por camisetas com Pútin permanece estável. “É claro, que alguns compra para dar de presentes, alguns compram como lembrança para amigos no exterior, mas em geral todos querem comprar algo para si mesmos”, diz.

Colecionadora de camisetas com Pútin, Lídia contou à Gazeta Russa que adquiriu o primeiro exemplar assim que as peças começaram a aparecer no mercado. “É engraçado encontrar pessoas desconhecidas na rua vestidas com camisetas iguais”, comentou.

Em uma viagem à Suíça, Lídia usou uma camiseta com a frase “Saudações da Crimeia” e pôde experimentar reações diferentes. “Meu amigo usava uma camiseta com a imagem de Pútin nos EUA e as pessoas têm uma reação absolutamente tranquila. Ele é como eu, tem orgulho do país.”

Propaganda inversa?

“É claro que a maioria daqueles que compram esse tipo de produto são as pessoas mais leais ao governo, que apoiam a política do presidente. Assim, eles querem expressar a sua posição”, sugere Karavaev. No entanto, segundo o Centro Levada, 17% dos russos acreditam que peças como essas representam o presidente em um aspecto negativo.

O próprio presidente Vladímir Pútin não é a favor da propagação de sua imagem em produtos comerciais. Em novembro do ano passado, o porta-voz do Kremlin, Dmítri Peskov, confirmou que o líder russo tem uma percepção negativa sobre o uso de sua imagem no mercado.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.