Réplica de bandeira soviética será erguida na ISS para marcar o Dia da Vitória

Bandeira simboliza a vitória da União Soviética sobre a Alemanha nazista Foto: TASS / Evguêni Khaldei

Bandeira simboliza a vitória da União Soviética sobre a Alemanha nazista Foto: TASS / Evguêni Khaldei

Uma bandeira vermelha que simboliza a vitória da União Soviética sobre a Alemanha nazista foi entregue ao chefe do Centro de Treinamento de Cosmonautas nesta quarta-feira (8) para futuro envio à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

A réplica da bandeira soviética erguida por três soldados do Exército Vermelho sobre o edifício do Reichstag, em Berlim, no dia 30 de abril de 1945, será enviada para a Estação Espacial Internacional a bordo da nave espacial de carga Progress em 28 de abril, pouco antes do 70º aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista.

A bandeira foi entregue ao chefe do Centro de Treinamento de Cosmonautas, Iúri Lontchakov, pelo cosmonauta Aleksêi Leonov, o primeiro homem a realizar uma caminhada espacial, e Vladímir Chatalov, veterano da Segunda Guerra Mundial.

“Ela será estendida na ISS [em 9 de maio], em homenagem à vitória sobre a Alemanha nazista”, disse Lontchakov, acrescentando que a relíquia não seria levada para o espaço sideral.

“Hoje, muitos países estão tentando reescrever a história, mas não vamos deixá-los fazer isso”, continuou. Leonov lembrou ainda que o mundo testemunhou o histórico voo espacial de Iúri Gagárin apenas 15 anos após a guerra.

“Nós, os primeiros cosmonautas, éramos crianças durante a guerra e tivemos que sentir o gosto amargo do conflito, mas seguimos um caminho novo e nunca envergonhamos nossos pais”, disse Leonov.

A bandeira da vitória é mantida no Museu Central das Forças Armadas desde junho de 1945. A réplica da bandeira é atualmente usada em desfiles do Dia da Vitória, realizados na Praça Vermelha de Moscou todo dia 9 de maio.

 

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.