Ministério pode suspender lei que proíbe palavrões em cinemas

De acordo com a atual legislação russa, não é permitido usar palavrões em apresentações públicas no cinema e no teatro, assim como na TV Foto: Lori / Legion Media

De acordo com a atual legislação russa, não é permitido usar palavrões em apresentações públicas no cinema e no teatro, assim como na TV Foto: Lori / Legion Media

De acordo com a atual legislação russa, não é permitido usar palavrões em exibições públicas. Pasta sinaliza que, se houver tal liberação, deverá existir um “controle muito rígido” para que esses filmes não sejam acessíveis a menores de idade.

Um grupo de cineastas encaminhou uma carta conjunta ao primeiro-ministro russo Dmítri Medvedev, com a proposta de autorizar o uso de palavrões no cinema, desde que haja “justificativa artística”. Neste caso, os diretores sugeriram rotular os filmes com a classificação “para maiores de 18 anos”.

De acordo com a atual legislação russa, não é permitido usar palavrões em apresentações públicas no cinema e no teatro, assim como na TV.

Em uma nota divulgada na quarta-feira passada (21), o Ministério da Cultura afirmou que “no que diz respeito ao público adulto, existem filmes destinados a exibições em festivais, e, segundo alguns cineastas, estes filmes deveriam poder conter ‘linguagem obscena’, justificada pela intenção artística do autor”.

A pasta acrescentou que deve haver um controle muito rígido para que esses filmes não sejam acessíveis a menores de idade.

 

Publicado originalmente pela Voz da Rússia

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook


 


Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.