Queda do rublo favorece turismo doméstico

Egito foi o destino estrangeiro preferido entre os turistas russos no exterior Foto: Nikolai Korolióv

Egito foi o destino estrangeiro preferido entre os turistas russos no exterior Foto: Nikolai Korolióv

Com alta do dólar, preço de pacotes para o exterior subiram e demanda caiu até 35%.

As férias de inverno na Rússia vão de 31 de dezembro até 10 do janeiro, mas muitos russos tiram mais alguns dias de folga e aproveitam para viajar ao exterior. Neste ano, porém, a crise econômica e a queda do rublo fizeram com que a demanda por pacotes turísticos no exterior caiu entre 25 e 35%.

Os preços de viagens internacionais cresceram proporcionalmente à valorização do dólar – entre 1,5 e 2 vezes. No início de 2014, os russos gastaram, em média, 37 mil rublos por pessoa, mas agora esse valor não cobre sequer o preço de uma viagem econômica ao Egito, o destino mais popular entre os turistas da Rússia.

A Tailândia, apesar da queda de 20%, fica em segundo lugar. Finlândia e Vietnã, que disputam o terceiro lugar entre os principais destinos de inverno para os russos, perderam em média 17% neste ano.

Paralelamente, a situação atual motivou os russos a procurar destinos internos, e a demanda pelo turismo doméstico viu um aumento de até 35%, em alguns casos. Entre as localidades mais procuradas estão as estações de esqui das regiões de Krasnodar, Altaí, Urais, Sibéria, e São Petersburgo.

Meio programado

Muitos daqueles que passaram o feriado de Ano Novo no exterior pagaram seus passeios antes da queda do rublo. No entanto, a necessidade de comprar dólar pela taxa de câmbio atual obrigou diversos turistas a cancelar a reserva.  Este é o caso do jornalista e apresentador de TV Alex Ostudin, que planejava viajar a Budapeste e Viena.

“Até recentemente eu tinha me programado para fazer essa viagem para Budapeste, mas depois apareceram problemas no trabalho. Até fiquei alegre quando a companhia aérea enviou uma carta sobre o cancelamento de um dos voos com a possibilidade de reembolso integral. A cotação do rublo põe fim às viagens em um futuro próximo”, diz.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

This website uses cookies. Click here to find out more.

Accept cookies