Rússia realizará 4.000 exercícios militares em 2015

Rússia irá participar pela primeira vez de competições militares internacionais, como o Tank Biathlon 2015 e outra dúzia de jogos militares Foto: TASS

Rússia irá participar pela primeira vez de competições militares internacionais, como o Tank Biathlon 2015 e outra dúzia de jogos militares Foto: TASS

Em 2015, de acordo com o serviço de imprensa do Ministério da Defesa da Rússia, os treinamentos de combate das Forças Armadas russas terão por fim a melhoria das capacidades de liderança em vários níveis de comando através da utilização de modernos sistemas de gestão e comunicação automatizados.

O ano de 2015 vai ser de muitos acertos para as forças armadas russas. Segundo o serviço de imprensa do Ministério da Defesa, estão previstos para o ano que vem mais de 4.000 exercícios militares em diveros níveis e escalas, incluindo treinamento conjunto com unidades militares dos países da Organização do Tratado de Segurança Coletiva e da Organização para Cooperação de Xangai. Os maiores serão o Tsentr 2015 e o exercício conjunto com as Forças Armadas da Bielorússia, o Escudo da União (Chit Soiuza) 2015.

Além disso, a Rússia irá participar pela primeira vez de competições militares internacionais, como o Tank Biathlon 2015 e outra dúzia de jogos militares que envolverão o exército, a força aérea e a marinha, bem como fuzileiros navais, engenheiros de combate, artilheiros e outras tropas. Esses eventos permitirão uma maior troca de experiência com os militares russos, melhorando a qualidade da formação.

Uma das inovações aguardadas para 2015 está relacionada ao método de preparação dos novos militares. A partir do próximo ano, haverá programas destinados a formar especialistas qualificados de acordo com as armas correspondentes. 

Outras inovações se inserem na etapa prática dos treinamentos, onde as tropas deverão utilizar sistemas centrados em redes, interligados no campo de batalha a outros tipos de tropas. As tradições do ensino militar, como a disciplina focada em inspeções não anunciadas a unidades e pelotões, a marcha forçada, técnicas de tiro e condução de atividades de combate em terrenos desconhecidos serão mantidas.

O ano de 2015 compreenderá a última etapa de uma série de inovações e melhorias em grande escala no processo de formação das Forças Armadas da Rússia.

 

Publicado originalmente pelo Pravda.ru 

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.