Forte tempestade de neve paralisa Moscou nesta quinta-feira

Acúmulo de neve aumentou de 10 a 12 centímetros, tornando as vias intransitáveis Foto: Grigóri Sisoiev/RIA Nôvosti

Acúmulo de neve aumentou de 10 a 12 centímetros, tornando as vias intransitáveis Foto: Grigóri Sisoiev/RIA Nôvosti

A tempestade de neve que chegou à Moscou nesta quinta-feira (25) e que, de acordo com várias previsões, deve se prolongar, gerou muitos problemas na capital.

Os congestionamentos, geralmente quilômetricos na cidade, adquiriram proporções ainda maiores. De acordo com o site Yandex-probki, o nível de engarrafamento na capital chegou ao grau máximo, conforme o padrão de medição.

Os meteorologistas explicaram que um ciclone está passando pelo território da região de Moscou, motivo pelo qual a queda de neve apenas se intensificou ao longo do dia.

Os meteorologistas também previram uma piora substancial na visibilidade, que foi reduzida a cerca de 300 a 500 metros. Os ventos atingiram velocidades de até 54 quilômetros por hora.

O acúmulo de neve aumentou de 10 a 12 centímetros, tornando as vias intransitáveis para pedestres e criando transtorno para os serviços comunitários responsáveis pela limpeza.

A temperatura em Moscou está em torno de - 9°C, com previsão de -11°C durante a madrugada.

 

Publicado originalmente pela agência de notícias Sputnik

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.