Gato comilão invade loja de aeroporto e dá prejuízo de mil dólares

Animal entrou sorrateiramente em um estabelecimento do aeroporto de Vladivostok e abocanhou vários frutos do mar, que no total custariam mais de mil dólares. Donos da loja apresentaram queixa à administração do aeroporto.

O gato ficou famoso após a publicação de um vídeo na internet no qual se vê o animal dentro da vitrine. Após rasgar as embalagens com suas garras, ficou se deliciando com lulas e peixe seco. O prejuízo total foi de 63 mil rublos (pouco mais de mil dólares).

Segundo nota da agência Interfax, está sendo realizada uma inspeção no espaço para apurar como o animal conseguiu entrar dentro da vitrine fechada. Com base nas conclusões da investigação, será determinado quem deverá arcar com a responsabilidade financeira do incidente.

“A empresa que detém o espaço comercial apresentou uma queixa à administração do aeroporto. Medidas de fiscalização estão sendo tomadas para ajudar a resolver o caso. Todos os pontos de venda e pavilhões trancam as portas ao final do dia, e os expositores refrigerados também ficam todos fechados. Na nossa opinião, é a loja que tem que garantir a segurança dos seus produtos”, disse um representante do aeroporto à agência RIA Nóvosti.

Segundo ele, pelas normas de segurança dos voos e dos aeroportos, é proibido a existência de animais abandonados dentro do prédio. “Nossa administração tem acordos com agências especializadas, que garantem a realização de diversas intervenções sanitárias preventivas e excluem a possibilidade de haver animais abandonados no terminal.”

De acordo com uma das vendedoras da loja, o gato “não voltou a dar as caras”. Depois do episódio, a vitrine na qual o gato se tornou famoso passou a ser local de peregrinação dentro do aeroporto.

 

Fonte: YouTube

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.