Censo de tigre de Amur terá início em janeiro de 2015

Último censo constatou existência de 450 tigres siberianos em território russo Foto:TASS

Último censo constatou existência de 450 tigres siberianos em território russo Foto:TASS

Um censo geral de tigres siberianos será realizado na Rússia no início de 2015. Iniciativa ajudará a delinear medidas de conservação da espécie, informou o Ministério dos Recursos Naturais russo.

A coleta de dados para o censo está programada para começar em 26 de janeiro e vai durar duas semanas. Nesse período, cerca de 2.000 ambientalistas vão identificar e medir os rastros de tigres.

O censo anterior, realizado há dez anos, mostrou que cerca de 450 tigres siberianos ameaçados de extinção viviam no Extremo Oriente russo, sobretudo nos territórios de Primórie e Khabarovsk.

O tigre siberiano, também conhecido como tigre de Amur, consta no chamado “Livro Vermelho”, que lista as espécies ameaçadas de extinção no país. Em 2010, a Rússia lançou uma estratégia nacional para proteger o tigre siberiano.

 

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.