Drogas matam mais de 60 mil pessoas por ano na Rússia

Governo planeja criação de sistema nacional de tratamento para dependentes de drogas Foto: PhotoXPress

Governo planeja criação de sistema nacional de tratamento para dependentes de drogas Foto: PhotoXPress

O primeiro-ministro russo Dmítri Medvedev informou nesta semana que, de acordo com pesquisa estatal, mais de 60 mil pessoas morrem a cada ano no país em virtude do consumo excessivo de drogas.

Em reunião do governo para discutir a criação de um sistema nacional de tratamento voltado a dependentes de drogas, Medvedev disse que, apesar das diferentes estimativas, “um grupo de trabalho do governo constatou, após realização de estudos médicos forenses, que mais de 60.000 pessoas todos os anos por mudanças patológicas em órgãos vitais, resultado do abuso sistemático de drogas”.

“Esse é certamente um índice alarmante”, afirmou Medvedev, ressaltando a necessidade de criar oportunidades para o tratamento e reabilitação dos dependentes de drogas.

 

Publicado originalmente pela agência Tass

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.