Historiador de moda fala a deputados em evento cultural

Segundo Vasíliev, nenhuma cidadã russa pode se gabar hoje de ter um “kokoshnik” de família que tenha sido usado por suas mães e avós Foto: Press photo

Segundo Vasíliev, nenhuma cidadã russa pode se gabar hoje de ter um “kokoshnik” de família que tenha sido usado por suas mães e avós Foto: Press photo

A moda no casamento foi um dos temas que o historiados russo de arte e moda Aleksander Vasíliev tratou em conversa com deputados durante evento na Duma de Estado (câmara baixa).

A Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) foi palco de uma palestra de história da arte e da moda nesta terça-feira.

Aleksander Vasíliev, renomado historiador russo da área, falou aos deputados, entre outros temas, sobre moda no casamento e explicou o motivo pelo qual a noiva deve usar um diadema de pérolas na data. Segundo ele, para quem a moda dos países europeus é mais popular entre os russos, não é recomendável o uso de diamantes.

"Já é hora de deixarem de adornar os cabelos com flores de plástico de Hong Kong; todas (as deputadas) têm o direito de encomendar um ‘kokoshnik’ de pérolas (adorno tradicional russo em forma de diadema) feito segundo desenhos de época, para ter, pelo menos uma vez na vida, uma aparência nobre", enfatizou Vasíliev, convidado a palestrar na Duma de Estado no âmbito de um ciclo de conferências dedicadas ao Ano da Cultura na Federação da Rússia.

Lamentavelmente, acrescentou Vasíliev, nenhuma cidadã russa pode se gabar hoje de ter um “kokoshnik” de família que tenha sido usado por suas mães e avós.

Publicado originalmente pela Voz da Rússia

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.