Maioria dos russos acredita que produtos nacionais são de melhor qualidade que importações

Apenas 8% do total de entrevistados afirmaram que os produtos importados são melhores Foto: RIA Nóvosti

Apenas 8% do total de entrevistados afirmaram que os produtos importados são melhores Foto: RIA Nóvosti

De acordo com pesquisa recente do Centro de Pesquisa de Opinião Pública de Toda a Rússia (VTsIOM, na sigla em russo), 64% dos entrevistados confiam nos produtores russos. Os entrevistados com mais de 60 anos e moradores de pequenas cidades e vilas foram os que mais expressaram tal opinião.

No total, 24% do total de respondentes acreditam que os alimentos russos não diferem dos bens importados. Entre os defensores desse ponto de vista estão sobretudo moradores de Moscou e São Petersburgo (48%) e pessoas com idade entre 18 e 24 anos. Apenas 8% do total de entrevistados afirmaram que os produtos importados são melhores.

Em relação aos produtos proibidos para importação, a maioria dos entrevistados disse já não comprá-los desde antes.

Segundo os entrevistados, a maioria comprava frutas cítricas da Espanha (43%), um terço dos entrevistados (34%) disseram comprar salmão norueguês, 25% consumiam laticínios da Letônia, e 27% costumavam comprar queijo parmesão italiano.

A pesquisa foi realizada com 1.600 pessoas de 130 cidades russas nos dias 16 e 17 de agosto passado. A margem de erro não supera 3,4 pontos percentuais.

 

Publicado originalmente pela agência Itar-Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.