Casamento “lésbico” é registrado em Moscou

Os funcionários do escritório ameaçaram não permitir que o casal entrasse no Cartório do Registro Civil caso ambas chegassem usando vestidosFoto: Alina Davis

Os funcionários do escritório ameaçaram não permitir que o casal entrasse no Cartório do Registro Civil caso ambas chegassem usando vestidosFoto: Alina Davis

A legislação russa proíbe casamentos do mesmo sexo, mas os funcionários de um cartório de Moscou não puderam recusar o registro pois uma das noivas era a transexual e famosa blogger da comunidade LGBT russa Alina Davis.

No início desta semana, Moscou registrou um casamento “gay”: duas mulheres em vestidos de casamento apareceram para registrar seu enlace. A legislação russa proíbe casamentos do mesmo sexo, mas os funcionários não puderam recusar o registro, pois uma das noivas era a transexual e famosa blogger da comunidade LGBT russa Alina Davis. Nascida Dmítri Kojukhov, ela ainda é um homem perante a lei. 

De acordo com Alina, os funcionários do escritório ameaçaram não permitir que o casal entrasse no Cartório do Registro Civil caso ambas chegassem usando vestidos.

“Apesar das ameaças, não tivemos medo de ir para o cartório", disse ela. “Em maio, encaminhamos o pedido e  tudo deu certo."

"Na Rússia, é muito difícil mudar de sexo oficialmente. Só é possível através dos tribunais”, diz o ativista de direitos humanos LGBT  Vitus Media. “Alina e sua esposa resolveram aproveitar a situação com os documentos e mostraram as brechas existentes na legislação russa.”

Publicado originalmente pelo Metronews.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.