Casamento “lésbico” é registrado em Moscou

Os funcionários do escritório ameaçaram não permitir que o casal entrasse no Cartório do Registro Civil caso ambas chegassem usando vestidosFoto: Alina Davis

Os funcionários do escritório ameaçaram não permitir que o casal entrasse no Cartório do Registro Civil caso ambas chegassem usando vestidosFoto: Alina Davis

A legislação russa proíbe casamentos do mesmo sexo, mas os funcionários de um cartório de Moscou não puderam recusar o registro pois uma das noivas era a transexual e famosa blogger da comunidade LGBT russa Alina Davis.

No início desta semana, Moscou registrou um casamento “gay”: duas mulheres em vestidos de casamento apareceram para registrar seu enlace. A legislação russa proíbe casamentos do mesmo sexo, mas os funcionários não puderam recusar o registro, pois uma das noivas era a transexual e famosa blogger da comunidade LGBT russa Alina Davis. Nascida Dmítri Kojukhov, ela ainda é um homem perante a lei. 

De acordo com Alina, os funcionários do escritório ameaçaram não permitir que o casal entrasse no Cartório do Registro Civil caso ambas chegassem usando vestidos.

“Apesar das ameaças, não tivemos medo de ir para o cartório", disse ela. “Em maio, encaminhamos o pedido e  tudo deu certo."

"Na Rússia, é muito difícil mudar de sexo oficialmente. Só é possível através dos tribunais”, diz o ativista de direitos humanos LGBT  Vitus Media. “Alina e sua esposa resolveram aproveitar a situação com os documentos e mostraram as brechas existentes na legislação russa.”

Publicado originalmente pelo Metronews.ru

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies