Menina de três anos sobrevive 11 dias em floresta graças ao seu cão de estimação

Cachorro de Karina havia acompanhado a menina pela floresta e acabaria salvando a sua vida Foto: Serviço de resgate

Cachorro de Karina havia acompanhado a menina pela floresta e acabaria salvando a sua vida Foto: Serviço de resgate

Garota de três anos de idade conseguiu sobreviver sozinha em uma floresta russa por 11 dias, alimentando-se de frutas silvestres e bebendo água de um rio, graças a uma série de esforços heroicos empreendidos pelo seu cão.

Em 29 de julho, Karina Tchikitova desapareceu de sua casa no vilarejo de Olom, na república de Sakha. A garota de três anos teria entrado na floresta em busca de seu pai, que não sabia que sua filha o seguia, informou o jornal “The Siberian Times”.

Quatro dias se passaram antes que a mãe da menina fosse capaz de entrar em contato com o marido, momento em que ela descobriu que a filha não estava sob os cuidados do marido.

Durante o dia, Karina se manteve comendo frutas silvestres e bebendo água de um rio da região. A criança dormiu na mata alta da taiga à noite, dificultando a busca realizada por helicópteros. Embora as temperaturas na região caiam para uma média de 6˚C no fim do dia, as equipes de resgate acreditam que Karina foi capaz de manter-se aquecida por dormir abraçada ao cão.

Cerca de 100 pessoas estiveram envolvidas nos esforços de busca, embora houvesse pouca esperança desde que seu cachorro voltou sozinho da mata dez dias depois.

“O nosso coração apertou, porque pensamos que com o cão havia chances de Karina sobreviver”, declarou Afanasi Nikolaiev, porta-voz do serviço regional de resgate.

Com a ajuda do cachorro, as equipes de resgate conseguiram refazer os passos da garota. A menina de 3 anos foi encontrada sem sapatos, apresentando apenas picadas de mosquito e pequenos arranhões.

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.