Deputados russos querem embalagens de fast food com avisos iguais aos de maços de cigarro

As redes de fast food do país já iniciaram a oposição à iniciativa dos parlamentares Foto: ITAR-TASS

As redes de fast food do país já iniciaram a oposição à iniciativa dos parlamentares Foto: ITAR-TASS

Autores da proposta já haviam elaborado projeto para evitar o uso de glutamato de sódio em alimentos.

Os deputados russos Igor Lebedev, Iaroslav Nilov e Andrei Svintsov, do partido LDPR, propuseram a divulgação em embalagens de fast food de imagens e informações que alertem sobre os perigos desse tipo de alimento. Os parlamentares já estão preparando as alterações que serão propostas às leis de publicidade e de proteção aos direitos do consumidor.

“O consumo excessivo desse tipo de comida leva à obesidade, causa lesão nos órgãos internos, doenças pulmonares, cardíacas, renais, hepáticas etc. Por isso, seria bom colocar na embalagem de cada um desses produtos imagens intimidantes que ilustrem os problemas de saúde que podem resultar do abuso de fast food”, defendem os deputados.

Antes da proposta, os políticos já haviam elaborado uma série de projetos com a finalidade de combater o aditivo clássico do fast food, o glutamato de sódio.

As redes de fast food do país já iniciaram a oposição à iniciativa dos parlamentares. "Somos categoricamente contra", disse a representante do departamento de desenvolvimento do Burger Club, Ksénia Denderia, que acredita que colocar esse tipo de alimento no mesmo nível que o álcool e o tabaco em termos de danos à saúde é uma medida excessiva.

Nos últimos dias, as redes de fast food têm estado sob fogo cerrado por parte das entidades de supervisão e controle da Rússia. O Serviço Federal de Supervisão de Defesa dos Direitos do Consumidor e Bem-Estar do Indivíduo (Rospotrebnadzor) deu início a uma verificação de rotina dos restaurantes da rede McDonald’s. Durante a inspeção foram levantadas questões relativas à qualidade e à segurança de uma série de produtos da rede, que passaram a ser controlados também pelo Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária (Rosselkhoznadzor).

Os deputados russos querem ainda que o Rosselkhoznadzor faça inspeções não programadas nas redes americanas KFC e Burger King, para verificar a qualidade e a segurança alimentar dos restaurantes.

 

Publicado originalmente pelo Izvéstia


Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.